Botucatu terá mais uma escola de tempo integral

Anúncio foi feito pelo governo do estado; Botucatu já tem 8 escolas municipais e uma estadual nesta modalidade

O Governador João Doria e o Secretário da Educação Rossieli Soares anunciaram nesta quinta-feira (5) que mais 400 escolas da rede estadual passarão a fazer parte do Programa de Ensino Integral (PEI).

Uma das cidades a receber a modalidade será Botucatu, de acordo com o governo estadual. Atualmente a Escola Dom Lúcio Antunes de Souza atua neste regime.

Segundo apurou o Acontece Botucatu, a escola Pedretti Neto poderá sem contemplada desta vez. Lembrando que Botucatu já tem 8 escolas municipais em tempo integral, o que pode totalizar 10 unidades.

No estado todo

O total de unidades que funcionam nesta modalidade no estado vai aumentar de 364, em 2018, para 1.064 a partir de 2021, representando um crescimento de quase 300%.

As novas escolas manifestaram interesse em aderir ao programa e obedecem aos critérios estabelecidos pela Secretaria da Educação, como ter mais de 12 salas de aulas e atender a uma comunidade com maior vulnerabilidade socioeconômica.

“A política de ensino em tempo integral é prioridade para o nosso governo. A nossa meta de mil escolas para 2023 já foi alcançada com a adesão destas 400 novas unidades”, destaca Rossieli Soares, Secretário Estadual de educação.

As novas 400 PEIs já estarão em funcionamento no próximo ano letivo de 2021. Elas vão ofertar 254 mil novas vagas para alunos dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio.

No total, as 1.064 escolas do programa terão 542 mil vagas em todo o estado de São Paulo, o que corresponde a 15% da rede. Em 2019, fazia parte do programa 4% da rede, com 135 mil alunos. O PEI abrange agora quatro vezes mais estudantes desde 2019.