Botucatu tem 38 cursos oferecidos no ProUni; confira

 

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) tiveram início na manhã desta terça-feira, dia 26. E as consultas para o segundo semestre podem ser feitas na página do programa.

A Acontece Botucatu verificou que Botucatu possui 38 cursos ofertados em diversas instituições privadas de ensino superior. Os cursos são os seguintes:

  1. Administração
  2. Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  3. Artes VIsuais
  4. Banco de Dados
  5. Ciências Contábeis
  6. Ciências Sociais
  7. Comércio Exterior
  8. Educação Física
  9. Enfermagem
  10. Engenharia Elétrica
  11. Engenharia Mecânica
  12. Engenharia de Produção
  13. Eventos
  14. Gestão Ambiental
  15. Gestão Comercial
  16. Gestão Financeira
  17. Gestão Pública
  18. Gestão da Qualidade
  19. Gestão da Tecnologia da Informação
  20. Gestão de Recursos Humanos
  21. História
  22. Jogos Digitais
  23. Letras
  24. Letras – Inglês
  25. Logística
  26. Marketing
  27. Matemática
  28. Pedagogia
  29. Processos Gerenciais
  30. Psicologia
  31. Química
  32. Redes de Computadores
  33. Secretariado
  34. Segurança da Informação
  35. Serviço Social
  36. Sistemas para Internet
  37. Teologia
  38. Tradutor e Intérprete

O Link que mostra os cursos e as instituições de ensino é o seguinte: http://prounialuno.mec.gov.br/consulta/publica/opcao/1/tipo/1 e na sequência colocar Botucatu no campo da procura por município. Por conta da alta demanda o site apresenta pequena lentidão para carregar as páginas e consultas.

Serão oferecidas em todo o país 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais em 1.460 instituições de ensino superior privadas. As vagas podem ser consultadas por curso, por instituição ou por município.

Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos e ter tido nota superior a zero na redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.