Botucatu deve suspender aulas em escolas municipais; nas particulares será facultativo

Educação Infantil em Botucatu estava com aulas presenciais de forma opcional

As escolas municipais de Botucatu deverão ser fechadas a partir de segunda-feira, dia 15. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 12, pelo Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, em entrevista ao Acontece Botucatu. 

Desta forma, o município seguirá os passos do estado, dentro da nova fase emergencial que determinou o fechamento das escolas estaduais, antecipando as férias escolares de julho. Nas escolas particulares é recomendável, porém, será optativo o fechamento.

Segundo o Prefeito, a município tem apresentado dificuldades de manter o serviço da educação infantil, pois até agora foram 60 pedidos de afastamentos de profissionais da educação municipal com sintomas de covid-19. Este fato não foi registrado nas escolas particulares.

De acordo com Pardini, as crianças em situações de vulnerabilidade, especialmente na questão alimentar, continuarão sendo atendidas. “Não vou abrir mão de assistir essas crianças e manter assistência digna para elas”, disse Pardini.

Desde o final de fevereiro Botucatu havia retornado com as aulas presenciais na educação infantil nas esferas Municipal, Estadual e Particular. O retorno foi facultativo e com limitação de apenas 35% das crianças em salas de aula.

Na última semana o Prefeito Mário Pardini já havia anunciado o cancelamento do retorno presencial do Ensino fundamental em Botucatu.

A cidade vem sofrendo com a sobrecarga dos leitos UTI/Covid. Redes pública e privada estão trabalhando acima da capacidade na Terapia Intensiva.

Veja também 

Confira detalhes das novas restrições em comércios e serviços na fase emergencial decretada pelo Governo de SP