Alunos da rede estadual devem entregar atividades essenciais para concluir ano letivo até sexta-feira, 18

Estudantes que entregarem o mínimo de atividades não serão retidos; avaliação da aprendizagem será feita ao longo de oito bimestres em 2021

Estudantes da rede estadual que por algum motivo não conseguiram acompanhar as aulas mediadas por tecnologia devem entregar até sexta-feira (18) em suas escolas o kit de atividades para a conclusão do ano letivo.

Em cada unidade escolar os professores definiram quais as atividades essenciais a serem entregues pelos estudantes, assim como o meio pelo qual irão devolver as atividades (de forma digital, impressa ou manuscrita). A partir da definição das atividades, as escolas preparam os kits com os materiais a que foram retirados pelos alunos na secretaria escolar e que possibilitará o cômputo de presença.

O kit foi apresentado a cada estudante e seu responsável de forma acolhedora. Buscando resgatar os estudantes para que no próximo ele possa voltar à escola e com oportunidades de continuidade de seus estudos.

“Precisamos apoiar nossos estudantes de todas as formas, especialmente nestes últimos dias de 2020. Fazê-lo receber este material e acompanhá-lo na realização dessa tarefa é um enorme gesto contra a evasão escolar. Fará muita diferença para que ele não perca o vínculo com a escola e com o professor”, afirmou o secretário de educação Rossieli Soares.

Neste ano, por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19), todos os alunos que entregaram as atividades propostas serão aprovados para o próximo ano letivo, mas terão o aprendizado avaliado ao final de 2021. Para isso, os anos letivos de 2020 e 2021 serão considerados como um único ciclo contínuo. A avaliação da aprendizagem será feita ao longo de oito bimestres (quatro de 2020 e quatro de 2021).