Projeto do IB cria Clube de Observadores de Aves de Botucatu

 

O projeto de extensão universitária “Passarinhando: Educação Ambiental e Conservação”, coordenado pela professora Silvia Mitiko Nishida, docente do Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, criou, no último dia 22 de maio, o Clube de Observadores de Aves de Botucatu (CoAVES-UNESP).

Além de reunir ornitólogos, o objetivo do Clube é promover educação ambiental e a popularização da ciência por meio de atividades relacionadas à avifauna. A primeira ação do CoAVES-UNESP ocorreu no dia 10 de junho com a exposição de aves taxidermizadas, ninhos, crânios e penas, realização de oficina de origami e abertura de mostra de fotos.

A professora Silvia destaca que as aves exercem papel fundamental no meio ambiente atuando como importantes dispersoras de sementes e na polinização das flores e que as ações desenvolvidas no projeto de extensão visam conscientizar a população no combate ao tráfico da vida silvestre e estimular o desejo de contemplar as aves no seu ambiente natural.

Para a execução das atividades, foram realizadas parcerias. Uma delas com a Secretaria Municipal do Verde que cedeu espaço no Parque Municipal “Joaquim Amaral Amando de Barros” para reuniões mensais de planejamento do CoAVES-UNESP. Também, no Parque Municipal, todo primeiro domingo de cada mês, entre 7h e 11h, acontece o evento “Passarinhando” que visa conectar as pessoas ao meio ambiente, por meio da observação do comportamento das aves.

A primeira edição, realizada em 11 de junho, contou com a participação do Secretário de Verde, Márcio Piedade Vieira, da assessora Fernanda Bernardi, de integrantes do Clube e de experientes observadores de aves de Botucatu. Na oportunidade, houve o registro de mais de 40 espécies de aves.

“Ao final de 12 meses, vamos apresentar a relação de aves encontradas no Parque, propor um mural fotográfico e o plantio de plantas ornitófilas nativas e exóticas. Esperamos, assim, popularizar a ciência por meio da observação do comportamento animal e suas interações”, comenta a coordenadora do projeto.

Ainda, nesse mesmo local está sendo realizada, desde o último dia 10, exposição fotográfica de espécies mais prevalentes em Botucatu e que foram catalogadas por meio de levantamento da avifauna que vem sendo realizado desde 2012, pelo Laboratório de Etologia do IB e de outros estudos como os coordenados pela professora Renata Fonseca, da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), do câmpus de Botucatu da Unesp.

Além de apreciar as imagens, os visitantes poderão participar de votação que elegerá a ave símbolo de Botucatu. Na segunda quinzena de julho, a exposição e a escolha também acontecerão no Shopping Botucatu e, em agosto, nas dependências do câmpus de Botucatu da Unesp.

A partir da próxima semana, haverá ainda a possibilidade de conhecer as espécies que concorrem e votar por meio da página do Facebook do projeto “Passarinhando”. O resultado final será anunciado em 5 de outubro, quando é comemorado o Dia das Aves.

Outro parceiro do CoAVES-UNESP é o Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), do câmpus de Botucatu da Unesp, setor responsável por fornecer aves e mamíferos que morrem e seriam descartados para que, após processo de taxidermização, passem a integrar mostras didáticas, as quais têm a finalidade de apresentar a diversidade de formas e tamanhos das aves.

O CentroFauna do Instituto Floravida e vários ornitologistas botucatuenses também são apoiadores do CoAVES-UNESP.

Além da professora Silvia Nishida, atuam na gestão do Clube, os estagiários do Laboratório de Etologia do IB, os graduandos Gustavo Toledo Bacchim (bolsista da Pró-Reitoria de Extensão Universitária – Proex), Lais Freitas Lopes e João Pedro Salvador Boato e o mestrando Daniel Pagnin.

São clubistas e colaboram com o projeto de extensão, Victor Antonelli, Caroline Stefani Cezar, Neylor O. Leide, Lucas Monteiro de Lima, Gabriel Mariano e Camila Magro estudantes do curso de Ciências Biológicas no IB.

Os interessados em se filiar ao CoAVES-UNESP devem entrar em contato pelo e-mail coaves.btu@gmail.com