Radioamadores promovem encontro em Botucatu no próximo domingo

 

Mesmo com a verdadeira revolução tecnológica dos meios de comunicações nos últimos anos, como telefonia celular, internet e seus programas de transmissão mundial de dados, voz e imagem, os radioamadores permanecem ativos e com regularidade promovem encontros para troca de informações.

Um retrato dessa realidade é um encontro sobre radioamadorismo que será realizado no dia 03, próximo domingo, a partir das 10h00, na Estação Ferroviária de Botucatu. A ideia do encontro é mostrar que o radioamador não morreu, pelo contrário.

“A ideia é mostrar que o rádio não acabou. Com a chegada da internet muitos acham que o rádio ficou obsoleto, muito pelo contrário, o rádio chega onde nem o celular e a internet chegam”, disse Marcos Onézimo de Andrade, um dos organizadores e praticantes do radioamadorismo.

Ainda existe milhares de radioamadores pelo Brasil e que o famoso CW, código morse ainda é usado. A repetidora em Botucatu fica no morro de Rubião Junior, espaço cedido pela prefeitura.

“Serão mostrados rádios dos anos 60, 70 e 80, além dos aparelhos mais modernos que existem atualmente. Os atuais modelos são conhecidos como SDR, rádios definidos por software”, completou Andrade.