Oficina de contação de histórias será realizada on-line nesta quarta, 21

Será realizada nesta quarta-feira, 21, uma oficina de contação de história. O evento será on-line e de graça. O tema será ministrado por Leda Fernandes, atriz de Lençóis Paulista. A Oficina propõe um espaço de total atenção para a ação de “contar” e ao agente “contador”.

Utilizando dos meios e estilos de contação, a contadora de histórias e atriz, Leda Fernandes, propõe em forma de histórias, os conteúdos que valorizam, identificam e potencializam o profissional como o instrumento para essa atividade milenar, que se faz muito importante nos dias atuais, para estimular o conhecimento, a imaginação e a intuição, através das técnicas e do conteúdo das histórias selecionadas.

Quem quiser participar deve acessar o link: https://fernandesleda.wixsite.com/oficina/event-details/oficina-de-contacao-de-historias

Leda Fernandes

Formada em Letras, Artes Cênicas e Pedagogia e pós-graduada em Metodologia do Ensino das Artes. Trabalha com teatro há 35 anos com a Cia Teatral Atos & Cenas e é professora de teatro do Colégio COC. É idealizadora e contadora de histórias há 19 anos com o projeto: A Hora do Conto, que teve duas edições contempladas pelas leis de incentivo: PROAC, ROUANET, além de várias apresentações em feiras Literárias, Bibliotecas, eventos em geral e facilitadora de várias oficinas de contação de histórias, dentre elas: Como e por quê contar histórias?, apoiado pelo PROAC e Preparação para uma boa contação de histórias, apoiado pela Lei Rouanet.

Hora do Conto

A Hora do Conto surgiu em 2002 pela iniciativa da atriz, professora de teatro e contadora de histórias, Leda Fernandes que ofereceu à prefeitura de Lençóis Paulista, interior de SP, uma ação para qualificar e incentivar os leitores a conhecerem os livros, cuidar dos mesmos e a conhecer e frequentar os espaços de leitura e as bibliotecas que a cidade oferece.  De lá para cá, são 19 anos de muitas histórias em vários municípios, como Bauru, Botucatu, Dois Córregos, bibliotecas, como a Biblioteca São Paulo, na capital paulista,  feiras literárias, como na Flip – Festa Literária Internacional de Paraty. Nesse tempo, aproximadamente 105.000 pessoas ouviram e contaram suas histórias!

TEMAS DA OFICINA:

–  “Preparação para uma Boa Contação de Histórias e como conta-las”

Conteúdo: Teórico e prático

Voz, Corpo, Interpretação, Objetivos, A história (escolha)

– “Como Contar Histórias”

Conteúdo:  Teórico e prático

Estilos Literários, Linguagens narrativas, Elementos da interpretação, Elementos e estilos cênicos

FRASES DOS OBJETIVOS:

– Perceber a riqueza da contação de histórias

– Aprender novas maneiras de contar histórias

– Saber quais histórias trabalhar para cada faixa etária

– Reconhecer o próprio corpo e voz como instrumentos potentes para contar histórias

– Manter a atenção dos ouvintes

– Interpretar a história desvendando seus mistérios