Medicina Tradicional Chinesa será destaque no Luz no Câmpus da FCA

No dia 20 de março, no Auditório “Prof. Paulo Rodolfo Leopoldo”, às 18h, acontece mais uma edição do projeto Luz no Câmpus – Filosofia ao entardecer. A palestra “Cultivando a Vida: Técnicas da Medicina Tradicional Chinesa para a Saúde e Longevidade” será proferida pelo psicólogo Guilherme Lordelo.

A palestra busca responder a questões como: o que determina o quão saudáveis seremos? O que podemos fazer para melhorar a qualidade da nossa saúde?

Na China antiga muitos imperadores inconformados com a possibilidade da morte, buscaram em seus mais renomados cientistas a produção de um elixir da imortalidade. Como todos falharam, perceberam que algo poderia ser feito diante da brevidade da vida. Poderiam utilizar técnicas advindas do taoismo para preservar a saúde e prolongar o tempo de vida. Estes métodos foram chamados de Yang Sheng, traduzidos como “Nutrição à Vida” ou “cultivo à Vida”.

Cultivar a vida significa preservar e promover a saúde, prevenindo o surgimento de doenças e atingindo a longevidade através de vários métodos e práticas, como o cultivo da mente, regulação da dieta, realização de exercícios físicos, manutenção de um estilo de vida regular e adaptação aos fatores climáticos. A arte de preservar e promover a saúde é considerado um dos mais importantes conceitos de saúde da cultura chinesa e fundamental na medicina tradicional chinesa.

Guilherme Lordelo é especialista em Psicologia Junguiana, Acupuntura e Fitoterapia Chinesa, Instrutor de Práticas Corporais da Medicina Tradicional Chinesa. Integra e coordena o programa de Práticas Integrativas e Complementares (PICs) no Município de Mogi das Cruzes. Atua na Atenção Básica da Saúde com ações de prevenção, promoção e recuperação da Saúde, realiza capacitação de profissionais da área da Saúde e ações de Matriciamento com o objetivo de divulgar e desenvolver a Política de Práticas Integrativas e Complementares no Município de Mogi das Cruzes – SP. Mais informações: www.caminharnatural.com

O projeto Luz no Câmpus é uma iniciativa da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp e da Fundação e Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf), sob a coordenação do professor Iraê Amaral Guerrini. O evento é aberto a todos os interessados e a entrada é 1 kg de alimento não-perecível, que será doado a entidades assistenciais. Serão fornecidos certificados de participação para quem solicitar.

Assessoria de imprensa