Jovem da Fundação CASA de Botucatu é aprovado em audição para a Sinfônica Jovem

O jovem Paulo (nome fictício) que cumpre medida socioeducativa no centro da Fundação CASA de Botucatu começa hoje a lapidar seu talento para a música.

O trompetista participou e foi selecionado em um processo seletivo para integrar a Orquestra Sinfônica Jovem da cidade. Os testes aconteceram durante todo o mês de outubro e o jovem cativou a todos com seu talento durante as audições.

Como explica o diretor do centro socioeducativo, Evandro Lauro de Oliveira, Paulo já chegou com esse talento ao centro. “Durante as aulas de percussão, o professor do Projeto Guri descobriu que ele tocava e passou a incrementar as oficinas com um trompete emprestado”, comentou.

A evolução do jovem foi tanta, que a equipe do centro se mobilizou para que Paulo pudesse dar continuidade ao seu dom.

“Fomos atrás de algo que pudesse motivar ele mais ainda e, através de um contato com a secretaria da cultura, conseguimos a participação dele nessas audições”, destacou Oliveira.

Agora, o objetivo de Paulo é se aperfeiçoar e continuar melhorando cada vez mais. “Vou me dedicar bastante as aulas para aproveitar ao máximo essa oportunidade”, concluiu.