Em ‘reencontro’ histórico, Banda Marcial do La Salle desfilará com veteranos no 07 de Setembro

Décadas de história

Várias gerações vão desfilar para comemorar os 50 anos de uma das maiores bandas da história do estado de São Paulo

Um reencontro histórico. Assim será a apresentação do Colégio La Salle no desfile de ’07 de Setembro’ em Botucatu. A Banda Marcial completará 50 anos e fará um encontro de gerações nesse dia, desfilando com mais de uma centena de veteranos, de todas as épocas da Banda.

Banda tem mais de 50 anos de sua criação

Há algumas semanas um grupo de WhatsApp foi criado pelos ex-integrantes. Por lá todas as ações são coordenadas, como marcar ensaios, confecção de camisetas para o desfile, encontros, entre outras pautas.

Aproximadamente 170 pessoas devem desfilar, muitos deles de outros estados, que estudaram no La Salle, mas que hoje vivem longe de Botucatu. A Banda irá desfilar mais uma vez sob o comando do Maestro Luiz Antônio Matheus Vieira, carinhosamente conhecido como Bolinha.

“Vamos homenagear o Bolinha, comemorando os 50 anos da banda. Mas na verdade a banda foi fundada em 1960 e teve sua primeira extinção em 1979. O retorno ocorreu em 1982 e durou até 2014. Acho que vai ser um momento marcante, emocionante em ver tantos veteranos que fizeram a história dessa Banda em atividade novamente”, disse ao Acontece Botucatu Sandra Nigro, umas das organizadoras do reencontro.

Os veteranos já estão se ambientando novamente com os instrumentos e alguns ensaios já foram realizados. “Estão faltando muitos instrumentos e estamos precisando de alguns trombones, piston, marimbas e pífaros. Pedimos ajuda para quem pudesse nos emprestar esses instrumentos”, reforça Sandra.

‘Veteranos já iniciaram os ensaios’

Vale ressaltar que a Banda Marcial do Colégio La Salle teve suas atividades interrompidas em 2014, mas as pessoas que lá estavam continuaram o trabalho na Afrape. A interação entre os grupos já está ocorrendo.

“É muito bacana esse reencontro, será sensacional e emocionante. É importante dizer também que a Banda da Afrape, que é formada pela mesma turma quando o trabalho foi interrompido no Colégio, continua com suas atividades e tocarão sob o comando do Maestro Bolinha”, disse o advogado Fernando Fabris, veterano da Banda Marcial do La Salle e membro da Banda da Afrape.

Entre as escolas com bandas e fanfarras, Afrape e La Salle devem fechar o desfile, segundo programação divulgada nesta segunda-feira, dia 28, pela Prefeitura de Botucatu. O Desfile continuará a ser executado na Rua Amando de Barros e está previsto para começar às 9 horas do dia 07. O palanque para as autoridades será instalado em frente à Praça Emílio Pedutti.

(Fotos: grupo dos 50 anos da Banda La Salle no WhatsApp)