Diretoria de Ensino de Botucatu realiza V Mostra de curta-metragem

A Diretoria de Ensino de Botucatu realizou nesta terça-feira, dia 28, uma Mostra de curta-metragem, que está na sua quinta edição. Há várias pesquisas que apontam o potencial dessa atividade, para criar uma inovação pedagógica.

Eloísa Pires Gurgel, no seu artigo A Experiência audiovisual nos espaços educativos: possíveis intersecções entre educação e comunicação, aponta que “Em uma experiência com as câmeras, o olhar das pessoas se expande, buscando novas formas de interlocução e de revelação”

Desde 2014 a Mostra possui o seguinte formato: Uma Mostra interna que ocorre nas várias escolas da Diretoria e uma Mostra da Diretoria, em que os alunos e professores se reúnem no Teatro Nelli.

Neste ano o evento contou com a presença de alunos e professores de Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Laranjal Paulista, Pardinho, Porangaba, Pratânia, Quadra e São Manuel. Nesta oportunidade, cada escola apresentou o seu curta-metragem e na sequência ocorreu um debate a respeito da realização dos curtas.

Houve uma troca de experiência, em que alunos e professores apresentaram ideias que surgiram, dificuldades e outras questões que consideraram pertinentes. Neste ano a Mostra apresentou três temas:

1) Violência sexual em crianças e adolescentes

2) E agora apareceu um alienígena no meu quintal!

3) Refletindo sobre a copa do mundo.

No início da Mostra a integrante do coletivo Genis e médica Marina Barbosa, apresentou dados alarmantes sobre o que acontece no Brasil em relação a temática da violência sexual em crianças e adolescentes. Houve uma abordagem sobre uma cultura do estupro, que deve ser combatida de forma veemente.

A professora Vanessa da escola Armando Salles de Oliveira relatou que depois da Mostra interna ocorrida na escola, três meninas se sentiram à vontade para colocar uma problemática que elas estavam vivenciando, um homem estava seguindo-as. Em relação ao tema E Agora apareceu um alienígena no meu quintal!, tivemos curtas que abordaram, dentre outras temáticas,  questões políticas contemporâneas, questões de gênero e o encontro entre os índios e portugueses.

A Mostra de curta-metragem da Diretoria de Ensino de Botucatu, tornou-se uma tradição nas escolas estaduais e constatamos uma grande animação por parte de professores e alunos durante o evento. Os curtas-metragens e depoimentos de alunos e professores das Mostras anteriores estão no YouTube e em breve estarão os dessa V Mostra.

Marco Alexandre de Aguiar – Professor coordenador do Núcleo Pedagógico de História DE Botucatu e organizador da Mostra.