Direção no Audiovisual é o tema do próximo Encontro do projeto OFICINE-SE, no Cine Janelas Botucatu

Neste sábado, 04, o Cine Janelas de Botucatu recebe o 5° Encontro OFICINE-SE, desta vez com o diretor de Cinema e Teatro Cristiano Burlan. Este é o penúltimo Encontro sobre diversas áreas e temáticas do Audiovisual realizado pelo OFICINE-SE em 2018.

Cristiano Burlan já dirigiu mais de 15 longas-metragens, entre ficções e documentários, com diversos trabalhos premiados em festivais como É Tudo Verdade, Sesc Melhores Filmes e Festival de Brasília. Para Burlan, a falta de recursos financeiros está ligada ao resultado estético, um dos temas que serão abordados pelo convidado é a produção de “filmes baratos, urgentes e sem apoios institucionais”.

No sábado, a partir das 10h, através da perspectiva independente, Burlan propõe uma reflexão sobre os meios e modos de realização do cinema, além da democratização do audiovisual a partir do formato digital. “O cinema como meio de expressão é uma arte embrionária, contando com pouco mais de cem anos de história. As possibilidades técnicas e estilísticas são inúmeras e muitos os caminhos a se percorrer. No século XX, o cinema passou por várias transformações e revoluções que estimularam o surgimento de movimentos que reinventaram a forma e o fazer cinematográfico. Essas mudanças não foram somente estéticas, elas estavam diretamente  ligadas  aos  meios  de  produção  e  ao  advento  de  novas  tecnologias”, destaca o convidado na proposta de sua Oficina para o OFICINE-SE.

O projeto OFICINE-SE é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e NADA Estúdio Criativo, com apoio da Secretaria de Cultura de Botucatu e Quiprocó Bar.