PARABÉNS, PARABÉNS E PARABÉNS, ASSISTENTES SOCIAIS DE TODO ESTE BRASIL BRASILEIRO!

Então né, passa o hoje e vem o amanhã, e “nóis” brasileiros, a cada dia, ficamos mais e mais perdidos. Ninguém, ninguém mesmo, consegue dar um norte à nossa gente, principalmente àquelas pessoas menos esclarecidas, do que será do nosso porvir? Estamos em meio a uma pandemia misteriosa, mortal ao extremo, cuja

“estada” está demorada demais; já passou de um ano e, nenhuma autoridade política, e ou científica consegue “clarear” essa situação. Por sinal, o que tem de picareta tentando descobrir qual foi a galinha que botou o “ovo mais dourado”, neste triste e fatídico momento, é coisa espantosa e nojenta de se ver.

“Bão”, não me propus escrever este texto para “falar” dessas aberrações, e sim, para parabenizar uma categoria profissional que, como muitas outras, não estão sendo reconhecida adequadamente no país, ou seja, os ASSISTENTES SOCIAIS, que neste sábado, 15 de maio, festeja a sua data. Aliás, esses “guerreiros”, devido à estupidez que reina entre os nossos governantes, já há mais de quatorze meses estão “malhando e malhando” para tentar diminuir, por exemplo, a FOME que essa pandemia vem causando.

Agora, vou estufar o peito para, de maneira bastante carinhosa, homenagear toda essa categoria por tão nobre data (aliás, o que tem de assistente social fazendo a sua parte na “raça” por esse Brasil afora, atendendo famílias desesperadas, por conta dessas aberrações citadas, é algo enobrecedor) e, mais ainda, porque, vivo cotidianamente com uma dessas profissionais, há mais de duas décadas (a minha estimada amiga e companheira de causas nobres, Solange de Moraes), e sei da luta enfrentada por esses “trabalhadores do bem” e pelo fundamental papel que exercem na nossa sociedade.

Queridos e queridas ASSISTENTES SOCIAIS de todo este Brasil Brasileiro, parabéns, parabéns e parabéns pelo seu dia. Tenham certeza, vocês fazem toda a diferença, num mundo sério e organizado, imaginem, numa situação desesperadora e interminável como esta que estamos vivendo. Que Deus, na Sua Infinita Bondade, possa continuar iluminando todos os  trilhos por onde passar um ASSISTENTE SOCIAL. Que ELE também nos ajude na equação deste mal (Coronavirus) que, tenho absoluta certeza, já, já, nos deixará apenas com uma triste lembrança.

Por fim, quero dividir, não só com os ASSISTENTES SOCIAIS de todo o Brasil, as glórias deste aniversário, mas também com todos aqueles que, neste momento crítico, incumbiram-se de assumir uma responsabilidade que não lhes pertencia, e vestiram a “camisa” da solidariedade para encontrar saídas, (principalmente para que muitos dos nossos irmãos, não sofressem a dor da FOME), as alegrias deste dia 15 de maio. Quis Deus que, eu viesse ao mundo, exatamente nesta data tão significativa para mim. Confesso que prestando esta homenagem, meu coração também “se tocou” e sentiu aquele gostinho do reconhecimento. Glória!

Parabéns pelo seu dia, ASSISTENTE SOCIAL de todo o Brasil! Parabéns a você, que nesses tempos de desespero, teve a ousadia de “correr atrás”, igualzinho um assistente social, com o objetivo de ajudar quem clamava por ajuda. Enfim, parabéns a todos “nóis”!

Rubens de Almeida – Alemão

[email protected]