PARABÉNS, 12º BATALHÃO DO POLICIAMENTO DO INTERIOR, PELO SEU 53º ANIVERSÁRIO DE EXISTÊNCIA!

Eta “nóis”! O relógio do tempo é mesmo implacável né?  Sem “eira, nem beira”, ele transforma a todos, e ninguém passa ileso. Com as instituições que nos representam o tempo também atropela, ou seja, torna-lhes obsoletas ou mais maduras, experientes. O tempo também é o melhor remédio, segundo o ditado.

Nesta linha de raciocínio, efetivamente verdadeira, com muita alegria, vou “falar” um pouquinho do sólido Comando do Policiamento da nossa cidade, o 12 º BPM I, pra mim, uma das instituições mais duradouras e eficientes da nossa sociedade no quesito SEGURANÇA da nossa gente, que neste dia 25 de abril, completa 53 anos de serviços prestados, não só a Botucatu, mas a outros municípios da nossa vasta região, consequentemente, está ficando “mais velho”!

É sempre prazeroso, abraçar alguém que completa mais um ano de idade e observar a passagem do tempo. Felicitar aqueles que alcançaram êxitos em seus anseios, também é divino. Cumprimentar casais que, mesmo estando vivendo neste mundinho medíocre, cheinho de hipocrisias e “modernidades” persistem no “tempo” e perseveram no amor, continuam se amando e “somando” anos e anos de uma feliz união, nem se fale! Agora, festejar o sucesso de uma instituição, de grande utilidade pública, na área de SEGURANÇA, e que também galga os aplausos, por tudo o que faz com muito patriotismo, a este país – conduzido na maior parte, por “picaretas” – é louvável demais!

Vamos lá, neste dia 25 de abril, o 12º BPM I – Batalhão do Policiamento do Interior – com sede em nossa cidade, ali, bem de frente da nossa querida e amada Associação Atlética Botucatuense (a querida “veterana” da Avenida Dom Lucio, que também aniversariou, no último dia 21, outra maravilha que é presidida pelo “amigo dos amigos” Jânio Gonçalves), completa mais um ano de uma frutífera existência. São 53 anos de dedicação ao público, como FORÇA DE SEGURANÇA. Este Batalhão que, em anos passados, era comandado pelo querido Coronel Jorge Duarte Miguel (que hoje leva a sua boa e merecida vidinha, na vizinha cidade de Bauru) e que tinha no comando da 2ª Companhia do referido Batalhão, o então Capitão PM José Semensati Junior, um profissional que, jamais abriu mão da parceria com as demais forças de seguranças do município (a guarda Municipal, cujo maioral era o corretíssimo profissional Sergio Bavia, e a Polícia Civil, que tinha como Comandante Geral, o sempre polêmico e competente Doutor Antônio Soares da Costa Neto, o meu amigo “Toninho Marvadeza”), com muita frequência, era manchete em vários veículos de comunicação do país, pelas excelentes avaliações que conquistava, no quesito, CIDADE PARA SE VIVER BEM E COM SEGURANÇA; aliás, naquela época, o “bicho pegava”! A bandidagem não tinha o menor espaço aqui na terrinha. Esse trabalho continua até os dias atuais; a maior prova disso foi o confronto ocorrido no ano passado, quando perto de 40 bandidos, por várias horas, foram encurralados na cidade, por ocasião do assalto a banco que “articularam” na esperança de terem sucesso. Que nada! O “pau comeu” novamente!

Dia 25 de abril, uma data bastante significativa, para todos os cidadãos de Botucatu e de diversas cidades que compõe esse Batalhão! Que momento especial esta gloriosa corporação deve estar vivendo! Mesmo com toda “lenga, lenga” causada por “divergências” de poderes, por conta dessa malfadada Pandemia – por sinal, a nossa gente não está entendendo nada sobre o que os nossos governantes, muitos deles, intitulados “cientistas”, desejam impor à sociedade – o clima continua em alto astral e a nossa Polícia Militar continua atuando com muito brilhantismo no desenrolar de tudo isto. Graças a Deus, durante todo famigerado período do “fecha tudo” e do “toque de recolher” (este, um abuso sem dimensões), nada desabonou a Corporação. Diferentemente de outras localidades, aqui, nenhum caso envolvendo a Polícia Militar foi detectado. Evidentemente que o momento é bastante chamativo para provocações, digo DEBATES. Sinto que muita gente “poderosa” está mergulhada em querer consolidar interesses vazios, sobre isso ou aquilo, mas, modestamente, prefiro externar as minhas mais profundas homenagens ao aniversário do nosso Batalhão de Policiamento do Interior, e a todos os seus integrantes. Com certeza, em outra oportunidade, exercerei a minha CIDADANIA, falando da postura desses picaretas, durante essa Pandemia que, lamentavelmente, tem muita gente torcendo pela sua permanência entre “nóis”.

Por fim, quero deixar o meu abraço a todos os integrantes da corporação, desde o policial mais simples, até os oficiais mais graduados, por tão nobre data, e também parabenizar o Tenente Coronel José Semensati Junior, digno Comandante do 12º BPMI que, sabedor dos problemas sanitários que estamos enfrentando, e conhecedor profundo do “mundo da fome e da miséria”, optou por trocar as costumeiras solenidades de aniversário do Batalhão, por uma CAMPANHA SOCIAL de grande significância. Acredite! Este respeitável oficial está comandando uma “corrente do bem”, que se iniciou na segunda feira (19/04) e tem o seu encerramento previsto para o dia do tradicional “Parabéns a Você” (25/04), que visa arrecadar CESTAS BÁSICAS, para as Casas de Apoio do Hospital das Clínicas, e para o atendimento de famílias que estão enfrentando sérias dificuldades de sobrevivência, por conta da Pandemia. Você, caro leitor, se quiser fazer a sua doação, é só levar os seus donativos na sede do Batalhão. Oh glória!

Enfim, vida que segue! Parabéns, 12º BPMI, pelos seus 53 anos de prestação de bons serviços à nossa cidade. Parabéns, prezado Comandante José Semensati Junior, pelo aniversário desta valiosa e importante instituição, maravilhosamente bem comandada por vossa senhoria e, mais ainda, pelo lindo e oportuno gesto de SOLIDARIEDADE com a nossa gente.

Rubens de Almeida / alemã[email protected]