“… NOSSA SENHORA ME DÊ A MÃO, CUIDA DO MEU CORAÇÃO…”

 

Divulgação internet

Mais uma vez, a letra de uma das músicas mais bonitas (NOSSA SENHORA) que o Rei Roberto Carlos canta em todas as suas apresentações, por este Brasil afora: “… Nossa Senhora me dê a mão, cuida do meu coração…”, vem na minha mente de um jeito bastante especial, mesmo porque, hoje, 12 de outubro, comemoramos o Dia da Padroeira do Brasil.

Este verdadeiro hino que presta uma maravilhosa homenagem à Nossa Protetora, Nossa Senhora Aparecida, com certeza, será cantado nos quatro cantos deste país injusto socialmente, porém, formado por pessoas, que em momento algum, deixam de acreditar na religiosidade.

Graças a Deus e à nossa Padroeira, mesmo com o país estando todinho de “ponta cabeça”, sobretudo, no que tange ao seu “gerenciamento” – visto que o seu Presidente que foi eleito democraticamente (exatamente como foram os seus antecessores), com toda a sua seriedade e boa vontade posta às claras, não vem tendo aquele respaldo que a democracia exige de quem também foi eleito com o voto popular para ajudá-lo (no caso os Deputados e Senadores) – ainda existem muitos cidadãos do bem que, envoltos em sua fé, na Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, continuam fazendo a sua parte para que, o mais rapidamente possível, possamos sair desse “buraco” que nos colocaram.

Com certeza, venceremos essa parada, afinal, esta não foi a primeira e nem será a última vez, que “nóis”, brasileiros, amargamos crises, desencadeadas por políticos imundos que, com suas “máscaras” de políticos descentes, cheio de boas qualidades, ganham uma eleição e, ao longo do seu mandato, não faz outra coisa, senão desviar dinheiro público. Vamos sim, com a proteção DELA, diminuir, principalmente, a dor da pobreza, da fome e da miséria que, graças a esses crápulas, vem num crescente assustador em todos os cantos do país.

Neste sábado também festejamos o Dia das Crianças, outra maravilha que, como a Nossa Senhora Aparecida nos encanta de modo bastante fervoroso. Muitas e muitas festividades em comemoração a essa data, acontecerão aqui, ali e acolá. Muitos e muitos grupos de pessoas voluntárias, certamente, “doarão” seu dia em prol do sorriso de uma criança, especialmente aquelas cujos pais enfrentam sérias dificuldades de sobrevivência.

“Nóis”, que há muitos anos, trilhamos por esse caminhar precioso chamado SOLIDARIEDADE, ao lado dos amigos Sérgio “Fredão” Paula da Silva, Thiago Colombeli, Marcelo Miqueleto, Lucas Trombaco e a queridíssima Mônica Moreli, estaremos, a partir das dez horas da manhã, fazendo muitas “artes” com a gurizada da Creche do Porto Sayd. Obviamente que faremos de tudo para que essa tão importante data para as crianças daquele sofrido lugarejo (Porto Sayd) seja vivida com muita intensidade.

Em ritmo de “criança feliz que vive a cantar”, cumprimento o Tenente Coronel José Semensati Junior, Comandante do 53º BPM I de Avaré, pela brilhante festividade que foi ofertada a mais de cem policiais aposentados daquela corporação, na última terça feira (08/10), na Câmara Municipal daquela localidade. Parabéns, grande Comandante!

Com certeza, na semana que vem voltarei a este assunto, até porque, uma atitude dessa grandeza (reconhecimento de profissionais aposentados) está em baixa neste país norteado por picaretas de todas as espécies e, o que se viu naquela solenidade foi gratificante demais.

Salve, salve a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Vamos com a ajuda DELA, fazer a alegria de toda a meninada da Creche do Porto Sayd neste sábado. Nossa Senhora de Aparecida, cuida de nós!

Rubens de Almeida/alemao.famesp@gmail.com