MARIO PARDINI, O MAIS NOVO “CIDADÃO BOTUCATUENSE”

Foto Câmara Municipal

A Câmara Municipal de nossa cidade recebeu na noite da sexta feira (05/04) um expressivo número de “botucudos” que foram levar o seu abraço ao jovem Prefeito da nossa terrinha, Mario Afonseca Pardini, que naquela oportunidade recebeu o título de “CIDADÃO BOTUCATUENSE”.

Essa honraria, fruto do projeto de lei de autoria da vereadora Alessandra Lucchesi e assinada por todos os vereadores, foi muito aplaudida pelos presentes (a nossa Casa de Leis ficou totalmente lotada), e foi muito comentada pela mídia local nos dias posteriores; por sinal, este reconhecimento mais do que merecido, foi entregue a um homem público referenciado e muito valioso; um dos profissionais mais respeitados, “vindo” da nossa SABESP, onde, de maneira bastante humilde, iniciou a sua bonita carreira como leitorista de hidrômetro, e chegou ao degrau máximo naquela respeitável empresa estatal, prestadora de um excelente trabalho à população botucatuense.

Com muito brilhantismo, esse jovem administrador, vem dando sequência ao projeto esboçado pelo amigo João Cury Neto – que, é bom ressaltar, revolucionou a cidade durante os oito anos em que foi Chefe do Executivo local – que era fazer Botucatu se desenvolver.

Aliás, como ando por todos os cantos da cidade, pois a minha atividade voluntária exige muito caminhar, caminhar e caminhar, tenho percebido que nesses dois anos de sua administração, a cidade ficou ainda mais bela e, o mais importante, a nossa gente tem recebido inúmeras conquistas. A maior prova disso foi a entrega de uma das praças mais antigas de Botucatu: a Praça da Igreja São José que ficou maravilhosa e “pra” lá de aconchegante.

Outra maravilha foi a melhoria feita no início do conjunto habitacional “Humberto Pópolo Neto”.  Lá, na simpática e populosa COHAB I, os moradores foram presenteados com uma rotatória que solucionou o problema do trânsito na confluência daqueles bairros ( Reflorenda, Palos Verdes, Recreio do Havai e a própria COHAB) e, uma moderníssima praça que conta até com um campo de futebol society, com grama sintética e iluminado. Não vou me prolongar nesse assunto, pois, se assim fizesse ficaria aqui “falando” por horas e horas, no entanto, devo confessar que terei o maior orgulho em reservar espaço nesta coluna, para falar da entrega de outras duas obras importantes que estão por acontecer: o viaduto que liga a região alta da cidade ao Jardim Paraiso – não tenho dúvidas de que o meu particular amigo e eterno Deputado Federal, Milton Casquel Monti, será homenageado ofertando o seu nome para esse viaduto, até porque, quando no exercício do seu mandato, lutou incansavelmente pela liberação dos recursos para a execução dessa obra – e a barragem do Rio Pardo (a “menina dos olhos” do jovem Prefeito), que nos proporcionará uma tranquilidade nos próximos 50 anos em relação ao consumo de água.

Como botucatuense nato, e amigo desse moço que dispensa comentários, quero abraçá-lo carinhosamente e, ao mesmo tempo, fazer um agradecimento público, afinal fui mais um, dentre tantos, que teve a ousadia de insistir para que assumisse a candidatura à sucessão do então Prefeito João Cury Neto.

Num mundo repleto de decepções, em especial, nesse maldito “mundo” frequentado por políticos, o risco por dissabores é muito grande, entretanto, devo confessar que, em momento algum, senti aquele “friozinho na barriga” por conta de ter feito “conta errada”. Tinha absoluta certeza, que o “boleiro” Pardini, um menino que tive a honra em conhecê-lo nos jogos beneficentes (“PROFISSIONAIS EM FÉRIAS”) que realizávamos em Botucatu, iria ser um grande representante da nossa gente. Muito obrigado caro Prefeito, por ter aceitado e respeitado a minha indicação e, mais ainda, por estar cumprindo tudo aquilo que ofereceu, em forma de promessa, à nossa gente. Que Deus continue iluminando essa sua brilhante trajetória como homem público.

Parabéns por ter sido reconhecido como “CIDADÃO BOTUCATUENSE”. Parabéns, querida vereadora Alessandra Lucchesi, pela maiúscula iniciativa em valorizar um cidadão dessa expressividade.

Por fim, caro irmão, como você sabe que gosto de exercer a minha CIDADANIA, quero, em nome de todos os funcionários, professores, alunos e usuários do nosso Campus, muito especialmente daqueles que buscam socorro no nosso Hospital das Clínicas, fazer um pedido no que tange a manutenção das duas rodovias que dão acesso ao Campus Universitário de Rubião Junior. O asfalto da Domingos Sartori está um “caco”. Já a Alcides Butignoli “adotou” um “visual” que não tem nada a ver com a sua administração. O canteiro central está carecendo demais de uma manutenção. Mato é o que mais se vê em todo o seu percurso Obvio que sabemos tratar se de um ”puxão de orelhas” nas concessionárias, dai o nosso pedido.

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BOTUCATUENSE FESTEJA OS SEUS 101 ANOS DE EXISTÊNCIA

Em ritmo de “Parabéns a Você”, quero deixar o meu mais respeitoso abraço a um dos maiores clubes, social e esportivo, de todo o Estado de São Paulo, que festejou, no último dia 21 de abril, 101 anos de uma profícua existência: a querida e sempre amada Associação Atlética Botucatuense, nossa gloriosa “veterana” da Avenida Dom Lúcio.

Como sócio remido desse clube que não para de evoluir, quero em nome de toda a coletividade associativa, parabenizar todos os colegas da diretoria presidida pelo arrojado e comprometido amigo Jânio Gonçalves (todos, indistintamente), pelo belo trabalho que vêm executando no clube nos últimos anos. Mesmo com todos os problemas que estão abalando o nosso país, já há algum tempo, esses nossos representantes tem feito a nossa conceituada “associação” continuar sendo a paixão de todos os botucatuenses.

Parabéns, gloriosa Associação Atlética Botucatuense, por continuar, há mais de um século, sendo a alegria de uma cidade do porte e da grandeza de nossa Botucatu.

Rubens de Almeida – Alemão/alemao.famesp@gmail.com