Os exercícios verdes e nossa interação com a natureza

Artigo do Professor Beto Pavão – Espaço Elo

Em 5 de junho de 1972, a ONU (Organização das Nações Unidas) realizava um dos eventos mais importantes sobre meio ambiente em Estocolmo, na Suécia. Uma conferência discutia o futuro ecológico do planeta, onde na ocasião, foi instituído o “Dia Mundial do Meio Ambiente”.

De lá pra cá muita coisa foi criada, discutida, construída, desconstruída e na maior parte das vezes, destruída. A politização gerada em torno do assunto e as péssimas políticas públicas não só no nosso país mais em todo mundo fizeram e fazem diariamente com que a pobre Mãe Terra fique à mercê da ganância, do dinheiro e do poder.

Voltando o olhar ao que nos cabe, uma grande tendência mundial liderada por tribos do mundo todo são os chamados “GREEN EXERCISES” em português exercícios verdes. Esse nome é uma referência aos exercícios realizados em ambientes naturais onde pesquisadores do mundo todo comprovam através de muitas linhas que estar e interagir em ambientes naturais tem efeitos positivos reduzindo o estresse, aumentando a capacidade de lidar com momentos de crises, reduzindo a fadiga mental, melhorando a concentração e a função cognitiva.

Uma grande preocupação desses pesquisadores e profissionais de saúde são os chamados transtornos de déficit natural que relacionam principalmente crianças com a falta de interação com a natureza. Atualmente linhas de pesquisas voltadas a física quântica citam um grande distanciamento e oscilação entre o homem e a “Ressonância Schumann” que é o campo de ondas vibracionais estacionárias criadas por raios.

Um físico alemão demonstrou em 1952 que a terra é cercada por um imenso campo eletromagnético que vai do solo até cerca de 100km sobre nós. Esse campo pulsa como se fosse o coração do planeta, e possui a frequência de ressonância de 7,83 Hz.

O fato principal é que nossa conexão com a “Mãe Terra” e com nosso planeta de maneira geral está pobre e nada recíproca. Precisamos buscar um contato de respeito como meio ambiente cuidando do planeta terra como se fosse nossa casa, pois ele é. Procure praticar exercícios ao lado da natureza colocando-se disponível para energia da gratidão, tenho certeza absoluta que você não irá se arrepender.

Beto Pavão – Academia Espaço ELO