O QUE FOI DERROTA OU VITÓRIA DURANTE A PANDEMIA?

Coluna do Professor Beto Pavão – Espaço Elo

Nesses últimos 18 meses podemos afirmar categoricamente que o mundo mudou. Passamos por coisas que a grande parte da população mundial nunca imaginou vivenciar, desde a conscientização da higienização correta das mãos a obrigatoriedade de ficarmos reclusos dentro dos nossos lares.

Podemos afirmar que tudo na vida tem um propósito e que todas as experiências que vivenciamos sendo elas dolorosas ou prazerosas trazem junto de si um forte aprendizado. O problema é que nós, das culturas ocidentais, não fomos ensinados dessa forma, e ao longo da nossa jornada fomos doutrinados a pensar em vitórias ou derrotas, sendo que quando alguma coisa em nossa vida aparentemente dá certo, somos condecorados e recebemos as maiores congratulações da sociedade, mas quando algo não saiu como desejado, aprendemos que isso foi um erro, que o fato não deveria ter acontecido, ou ainda pior, que a culpa sempre é da outra pessoa e nunca nossa.

Precisamos desconstruir ideias e crenças para que possamos aprender de forma diferente e obrigatoriamente sair dos estados de sofrimentos que diariamente nos aprisionam, pois neles estão disponíveis ao mesmo tempo nossa pedra bruta ou nosso pote de ouro. Mas sei que muitos podem estar perguntando o que isso tem a ver com esporte, saúde e qualidade de vida?

Imaginem um atleta favorito em uma prova que não subiu no pódio, mas ao longo dessa prova entendeu as necessidades que ela o impôs, ou um lutador de artes marciais que foi finalizado ou recebeu um nocaute que mesmo no chão imediatamente sentiu e entendeu o que era necessário para não estar ali, isso é aprendizado, somente não se apresentou da forma que ambos gostariam.

Agora trazendo isso para uma vida mais cotidiana, imagine ou force sua lembrança quando seu filho caiu da bicicleta pela primeira vez o que você fez? Correu e disse aos prantos que isso é muito perigoso, que ele sempre iria se machucar ao praticar esse esporte e que nunca mais deveria andar de bicicleta ou você disse que cair e levantar faz parte de vida e que sempre você estaria lá para ajudá-lo a se levantar.

“Lembre-se a vitória traz euforia e a derrota traz reflexão e evolução”.

Durante a pandemia quais foram suas palavras para seus amigos e entes queridos, de amor e gratidão ou de desespero e sofrimento?  Mas claro que não vivemos no conto da Poliana e sabemos das perdas significativas que muitos tiveram sendo elas financeiras, emocionais e em muitos casos perdas físicas de pessoas que amamos, mas o fato é como isso preenche nosso coração, com gratidão ou com sofrimento.

Ressignifique seus valores quando necessário e lembre-se sempre que o mundo é criado através das lentes dos nossos olhos.  Termino com uma linda frase de um dos maiores cientistas de todos os tempos quando buscava literalmente o caminho da luz.

“Eu não falhei, encontrei 10 mil soluções que não davam certo” – Thomas Edison

 

Beto Pavão – Academia Espaço ELO