Vice-governador estará em Botucatu nesta sexta, 18, para discutir criação de microrregião

Cidade
Vice-governador estará em Botucatu nesta sexta, 18, para discutir criação de microrregião 17 junho 2021

Foto: M&M Imagens

O governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional, realiza, nesta sexta-feira (18), das 9h às 12h, uma audiência pública para discutir a criação da microrregião de Botucatu.

O vice-governador, Rodrigo Garcia, deverá participar do encontro. Ele também ira anunciar a recuperação da vicinal Alcides Soares, além de realizar visita às obras da Represa do Rio Pardo.

O evento oficial será realizado no teatro municipal “Camillo Fernandez Dinucci” e será presencial, mas terá transmissão online via canal da secretaria no Youtube. A participação dos prefeitos das 14 cidades que integram a nova unidade regional é esperada.

Pelo modelo atualmente vigente, a região de governo de Botucatu é composta por mais 12 municípios: Anhembi, Areiópolis, Bofete, Conchas, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, São Manuel e Torre de Pedra.

Pela nova divisão estadual, proposta pela gestão João Doria (PSDB), duas cidades devem ser incluídas nesta lista, Quadra e Guareí. E uma ficaria de fora da nova composição: Laranjal Paulista, que deve integrar outra unidade regional.

A nova composição, portanto, ficaria assim: Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Conchas, Guareí, Itatinga, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, Quadra, São Manuel e Torre de Pedra.

O prefeito de Botucatu, Mario Pardini, avaliou como positiva a modificação. “Espero que dê certo. A criação dessa microrregião é positiva, especialmente por visar desafogar o atendimento de Saúde tanto na nossa região quanto na região de Bauru e arredores”, afirma o prefeito, por meio de sua assessoria de comunicação.

O governo tem promovido audiências públicas para apresentar os benefícios da regionalização proposta. As novas unidades regionais são divididas em Região Metropolitana (RM), de Aglomeração Urbana (AU), na qual Bauru se enquadra, e microrregiões. Com isso, o Estado deve ser dividido em 36 regiões.

Encerrada a fase de audiências em todas as regiões, um Projeto de Lei será enviado à Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) para criação das novas unidades regionais. A expectativa é de aprovação e criação até julho.

Pelo modelo vigente hoje são 9 unidades, sendo 6 regiões metropolitanas e três aglomerações urbanas. Com a nova divisão, serão 8 RM, 5 AU e 21 microrregiões, entre elas a de Botucatu.

As audiências são mistas, com a presença física dos prefeitos da região e do governador ou do vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB), com transmissão ao vivo para participação da população pelo canal: youtube.com/c/DesenvolvimentoRegionalSP

A transmissão online ocorre em razão da pandemia, já que o número de lugares para participação presencial será limitado.

Fonte: JCNet

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO