Vândalos quebram vasos de loja na Dom Lúcio e emporcalham avenida

 

Mais uma cena lastimável foi registrada na manhã deste sábado, 25, na Avenida Dom Lúcio, uma das principais vias de Botucatu. Um morador enviou no WhatsApp do Acontece Botucatu várias fotos do resultado de atos de vandalismo durante a madrugada de sexta para sábado. Os vasos de flor de uma loja foram quebrados e a calçada virou um depósito de lixo, como sacos plástico, garrafas de vidro e de plástico, de bebidas alcoólicas, copos descartáveis, canudos e muita porcaria.

“Até quando nós, que caminhamos pela Dom Lúcio, teremos que conviver com cenas como estas? Eu sou apenas um caminhante que não aguenta mais a falta de educação e cidadania de alguns botucatuenses. Hoje pela manhã a quantidade de garrafas foi de surpreender. É uma tremenda falta de educação e vejo que a Guarda Municipal e a Polícia Militar não coíbem isso”, disse o internauta que pediu para ter sua identidade preservada.

Os funcionários da loja também ficaram revoltados assim que chegaram para trabalhar. “A sensação foi de tristeza e indignação, pois, não é fácil você chegar cedo para trabalhar e encontrar tudo destruído”, disse ao Acontece Botucatu um dos funcionários.

Um boletim de ocorrência será registrado pelos responsáveis pela loja. As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram os vândalos destruindo os vasos. Por volta das 2:50 da madrugadas, 7 jovens estão sentados em frente à loja. Um deles segura algo parecido com um taco de madeira. É com este objeto que o rapaz acerta o primeiro vazo. Em seguida, outro jovem chuta o segundo vaso e quebra mais um com o taco. Um outro rapaz ainda o cumprimenta, como se estivesse aprovando a atitude do amigo.

As imagens vão ajudar à polícia e a Guarda Municipal a identificar os vândalos, que se forem condenados, podem pegar uma pena que varia de seis meses a três anos de detenção.

“Infelizmente essa não é a primeira vez que isso acontece. Todo sábado chegamos aqui e temos que limpar toda sujeira que deixam aqui na frente. São copos, garrafas e resto de bebidas, isso não só aqui na nossa loja, acontece na avenida toda”, contou o funcionário da loja.