Unidade Socioeducativa do Parque Imperial é reinaugurada

Crianças e adolescentes do Parque Imperial têm um novo e amplo espaço para aprenderem e se divertirem. A Prefeitura de Botucatu, através do trabalho do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria de Assistência Social, reinaugurou na manhã desta quarta-feira, 11, as novas instalações da Unidade Socioeducativa do Parque Imperial.

O local, que oferece no contraturno escolar atividades culturais (como teatro, dança, artes plásticas e artes circenses), esportivas (como caratê e futebol), recreativas e de apoio escolar, teve sua capacidade aumentada para atender até 120 jovens.

A Unidade Socioeducativa a partir desta quarta-feira, 11, também homenageia o professor Naul Antônio Buchignani, profissional botucatuense que atuou por 30 anos em escolas do Estado de São Paulo. Em Botucatu foi professor das Escolas Américo Virgínio dos Santos, João Queiroz Marques, Raphael de Moura Campos, Sesi e José Pedretti Neto, além de ser diretor substituto no Pedretti e na Industrial.

“Não havia homenagem melhor ao professor Naul, do que nomear um local onde crianças aprendem, se divertem e recebem apoio para ser tornarem cidadãos de bem. Elogio o trabalho muito importante desempenhado pela Assistência aqui no Parque Imperial e tenho certeza que, com esse apoio do Fundo Social, o novo espaço oferecerá condições ainda melhores as crianças e aos profissionais”, afirmou o Vice-prefeito André Peres.

Participaram da cerimônia de reinauguração, além do Vice-prefeito André Peres, o Presidente da Câmara dos Vereadores, Ednei Lázaro Carreira, o vereador Cula, a Presidente do Fundo Social, Pida Pardini, e os Secretários Municipais Silvia Fumes, da Assistência Social, e Junot de Lara Carvalho, de Relações Institucionais. Familiares do Professor Naul Buchingnani também acompanharam a cerimônia, bem como moradores do Parque Imperial, que assistiram a apresentações musicais e artísticas das crianças atendidas pela unidade.

“O professor Naul é uma autoridade da Educação botucatuense, e vai servir de grande exemplo para que nossas crianças se inspirem, aprendam e tenham um futuro de bem. Que a comunidade do Parque Imperial continue a abraçar este projeto que faz e continuará fazendo a diferença para os usuários desse serviço”, destacou Silvia Fumes, Secretária de Assistência Social.