Trecho da Rodovia Gastão Dal Farra estará interditado a partrir de segunda-feira para as obras de duplicação

 

Após autorização da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e de entendimentos com a concessionária Rodovias do Tietê, a partir da próxima segunda-feira (16), a Prefeitura de Botucatu interditará um trecho da Rodovia Gastão Dal Farra (SPA 241/300) para retomada das obras de duplicação. A interrupção do tráfego de veículos será necessária para a construção dos ramais do sistema de galerias que está sendo implantado para garantir o escoamento adequado das águas das chuvas.

Obedecendo o projeto de sinalização elaborado pela Secretaria de Infraestrutura, as placas já foram instaladas no local para orientar os motoristas sobre a interdição. Os motoristas que trafegarem no sentido Centro-24 de Maio, terão como opção de desvio a Rodovia Marechal Rondon ou adentrarem o Loteamento Central Park. No sentido contrário, as opções serão a Avenida Zumbi dos Palmares, no Parque 24 de Maio ou o Loteamento Central Park.

“O serviço a ser feito torna necessária a interdição da rodovia. A Artesp já nos autorizou e na próxima segunda-feira iniciaremos a obra de ampliação do sistema de galerias. A rede central já está pronta faltando agora executar as ligações. É mais uma etapa importante a ser vencida para que possamos duplicar a Gastão Dal Farra, um sonho antigo da população”, informa o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, André Peres.

A previsão é que essa etapa dos serviços se estenda por cerca de 30 dias, se as condições climáticas forem favoráveis. Em seguida serão abertas novas frentes para construção de guias, sarjetas, pavimentação asfáltica e construção da ciclovia que margeará uma das pistas. “Acredito que se a chuva der uma trégua, no prazo de três a quatro meses a obra estará concluída”, acrescenta Peres.

Obra importante

O trecho a ser duplicado da Gastão Dal Farra (SPA 241/300) tem cerca de 1,5 km (entre o km 9 + 740m e o km 10 + 930m). A obra foi viabilizada por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Botucatu e o Governo do Estado de São Paulo. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) investe pouco mais de R$ 1 milhão para a compra de toda a massa asfáltica, enquanto o município, aplicará valor semelhante fornecendo a mão de obra e o maquinário necessário para execução dos serviços.

A primeira etapa da duplicação da Rodovia Gastão Dal Farra dá prosseguimento à reconfiguração de boa parte do sistema viário na região sul da Cidade e permite o acesso à Rodovia Marechal Rondon. A primeira grande obra executada no local foi a reestruturação do trevo do DER, na confluência com a Avenida Itália.

Além da pista atual, que será totalmente recuperada, a Prefeitura abrirá outras duas com 7 metros de largura cada. Elas serão separadas por áreas de acostamento e canteiros. Está prevista também a construção de duas rotatórias: uma para disciplinar o trânsito no cruzamento com a Avenida Zumbi dos Palmares, eixo de ligação entre o Parque 24 de Maio e o Central Park; e outra próxima ao posto de combustível, com objetivo de melhorar a distribuição dos veículos que seguem para bairros como Jardim Aeroporto, Cedro, Santa Maria, Maria Luiza, Jardim do Bosque e Demétria, beneficiando diretamente mais de 15 mil pessoas que moram naquela região.

O projeto contempla ainda a construção de uma ciclovia com 3 metros de largura. O percurso terá início junto ao entroncamento com a Avenida Itália, do lado esquerdo da rodovia [sentido Centro/bairros]. Próximo à primeira rotatória, o dispositivo será deslocado ao outro lado da rodovia.

A Prefeitura já mantém negociações com a concessionária Rodovias do Tietê para avançar na segunda etapa da duplicação, que se estenderia até as imediações da antiga CESP, podendo até alcançar a região da Demétria. As melhorias previstas na Gastão Dal Farra credenciam ainda mais o pedido já feito por Botucatu junto ao Governo do Estado para a municipalização da rodovia.