Tarifa do Transporte Público em Botucatu será reajustada

 Tarifa será reajustada em Botucatu e Prefeitura quer continuar subsidiando R$ 0,35 para os usuários

Tarifa Botucatu

A Prefeitura enviou nos últimos dias para a Câmara Municipal um projeto que visa renovar o subsídio na passagem do transporte coletivo em Botucatu aos passageiros. O projeto deverá percorrer os trâmites dentro do Poder Legislativo até entrar na pauta de votação.

Isso ocorre no momento em que haverá o aumento na tarifa do ônibus. O reajuste está previsto em contrato e será feito automaticamente.

As empresas que atuam no município, Reta Transportes e Stadtbus, ficaram sem o aumento na tarifa por dois anos, sendo feita a correção apenas no ano passado. Como o aumento anual das tarifas está previsto em contrato, as empresas alegam desequilíbrio financeiro.

No fim de 2016, quando se deveria reajustar o valor, o então Prefeito João Cury anunciou rompimento de contrato e não repassou os novos valores para as empresas. A quebra de contrato foi revertida pela justiça em 2017.

No último ano, o atual Prefeito Mário Pardini usou o dinheiro da outorga para subsidiar o valor da tarifa, não repassando o aumento para a população. A outorga é um valor pago pelas próprias empresas.

“É importante destacar o esforço da administração para manter esse subsídio de R$ 0,35 para a população. Já enviei para a Câmara esse pedido para renovar por mais dois anos e tenho certeza que a Câmara será parceira mais uma vez”, disse ao Acontece Botucatu Mário Pardini.

Hoje o valor pago pelo cidadão na tarifa de ônibus está em R$ 3,35. Segundo as correções dos últimos anos, a tarifa deveria ser de R$ 3,90, mas a Prefeitura está atualmente subsidiando R$ 0,35, totalizando R$ 3,70 pago às empresas. O novo valor pago pelo usuário deverá ser de R$ 3,55, mantendo o subsídio municipal de R$ 0,35.