Sabesp termina obra de adutora na Rafael Sampaio e abastecimento deve ser normalizado durante a madrugada

Adutora construída após a chuva que devastou Botucatu
Adutora foi construída após 40 horas de trabalho intenso

A Sabesp concluiu a instalação da nova adutora (tubulação que leva grande quantidade de água) na Rua Rafael Sampaio na noite desta terça-feira, 11. A antiga tubulação foi levada pela chuva junto com a ponte que caiu.

Com a conclusão das obras, os reservatórios da região leste já estão recebendo água e o abastecimento deverá ser normalizado ainda durante a madrugada.

Empregados da Sabesp trabalharam de forma intensa desde a madrugada de ontem para reparar a adutora, que era responsável pela distribuição de água para milhares de pessoas na zona leste de Botucatu. Foram mais de 40 horas ininterruptas.

Na noite desta terça-feira, 11, a água para a população já havia chegado no centro de reservação da Vila Maria. Quem estava no local pode ver os funcionários da Sabesp comemorando.

Os bairros da Zona Leste que ficaram sem água são: Vila Mariana, Vila Maria, Jardim Brasil, Boa Vista, Bairro Alto, Jardim Bandeirantes, Jardim Ciranda, Jardim Cristina, Parque Serra Negra, Vila Cidade Jardim, Residencial Arlindo Durante, Vila Solange, Conjunto Habitacional Antônio Hermínio Dellevedove, Vila Santa Clara, Vila Contin, Vila Éden, Jardim Peabiru, Jardim Vista Linda, Parque Residencial Nazaré, Vila Auxiliadora, COHAB II, Vila Bela Vista, Jardim Dona Nicota.

Mesmo com a normalização do abastecimento, a Sabesp recomenda o uso racional da água. A Companhia segue à disposição pelos telefones 195 e 0800 055 0195 (ligações gratuitas) ou pela Agência Virtual no site www.sabesp.com.br. Os clientes também podem utilizar o aplicativo da Sabesp para Android e iOS.

Veja também

Em Botucatu, Governador em exercício anuncia plano de contingência após chuva