Retrospectiva 2020: Botucatu sob ataques criminosos

Acontece Botucatu traz esta semana uma retrospectiva dos 5 principais fatos que marcaram nossa cidade no ano de 2020. Um ano marcado por pandemia, ataques, destruição pelas chuvas e eleições. Confira abaixo o quarto fato deste ano tão atípico.

Terror, pânico e uma população assusta. A madrugada do dia 30 de julho entra para a história de Botucatu como um capítulo amargo.

Aproximadamente 30 elementos invadiram a cidade, roubaram uma agência do Banco do Brasil, tentaram explodir outros caixas, fizeram reféns e trocaram tiros com a polícia por 3 horas. O crime espalhou medo entre os moradores.

O que os criminosos não esperavam, era que equipes do Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), Deic (Departamento Especial de Investigações Criminais), Força Tática e esquadrão antibombas do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais), entre outros, estivem na região naquela madrugada.

Parte do dinheiro foi recuperado. Dezenas de suspeitos foram detidos nos dias e meses que se seguiram, entre eles Tiago Faria, conhecido pelo apelido de Gianecchini, apontado como líder do grupo criminoso. (Veja o vídeo acima e fotos abaixo)