Represa de Botucatu: escavação da fundação atinge 90% de execução

Cidade
Represa de Botucatu: escavação da fundação atinge 90% de execução 16 fevereiro 2022
Foto: Acontece Botucatu

A barragem do Rio Pardo, localizada próximo a represa do Mandacaru, avançou de fase, e teve a primeira etapa do aterramento concluída. Foi o que informou o Prefeito de Botucatu nesta terça-feira, dia 15, em suas redes sociais.

A escavação da fundação da barragem já atingiu 90% de execução, segundo a publicação. A obra já teve iniciada a instalação do concreto rolado.

A área total do empreendimento é de 280 hectares, sendo destes 130 destinados à área de proteção permanente. A barragem em si terá 566 metros de extensão, profundidade entre 15 a 20 metros e com capacidade para comportar 10 bilhões de litros d’agua, o equivalente a 3.600 piscinas olímpicas.

O início das operações para coleta e represa de água está previsto para o segundo semestre de 2023.

O consórcio responsável pela construção é formado pelas construtoras DP Barros, Novatec Construções e ETC Empreendimentos. O investimento é de R$ 56,19 milhões por parte da Sabesp. Esse valor não inclui apenas as obras, mas também gerenciamento e desapropriações.

O projeto

A barragem do Rio Pardo garantirá a autossuficiência no abastecimento de água em Botucatu nas próximas décadas. A vazão estimada para atender a população botucatuense nas próximas décadas é de 800 litros de água a cada segundo, muito superior à capacidade média atual de produção do Rio Pardo.

A Represa do Rio Pardo ficará 9 km à montante da Represa do Mandacaru, acima da Cachoeira do Véu da Noiva. Seu volume total de reservação é de 9 bilhões de litros de água. Sua área chegará a 280 hectares, sendo 130 de Área de Proteção Permanente. Somente a barragem terá 566 metros de extensão, com profundidade que varia entre 15 e 20 metros.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento