Recorrente: bairros de Botucatu ficam sem energia mais uma vez

Oscilação ou interrupção de energia em diversos bairros de Botucatu

Foto enviada por um internauta na Rua Antônio Nunes da Silva Sobrinho

Mais uma vez bairros de Botucatu ficaram sem energia. Na tarde desta sexta-feira, dia 30, diversos relatos chegaram durante o programa Acontece no Ar, na Cultura FM (93,1), sobre falta de energia ou instabilidade no serviço.

A Vila Assumpção, por exemplo, teve diversas quedas. A região é importante, afinal, abriga pronto socorro, clínicas, supermercado, rádios, além de centenas de residências.

O Distrito de Rubião Junior também teve bairros afetados pela oscilação, segundo os ouvintes. Também há relatos de queda no Jardim Paraíso, Jardim do Bosque, 24 de maio, Cedro, Demétria e região, Jardim Aeroporto, Lavapés, Vila Antártica, Jardim Tropical, área central, entre muitos outros citados por ouvintes e internautas do Acontece.

“Aqui na Rua Antônio Raimundo dos Santos, em Rubião Junior, o transformador está fazendo um barulho feio, com oscilação a toda hora ou mesmo ficando tempo sem energia”, disse uma moradora local.

Em uma propriedade rural na região de Santo Antônio de Sorocaba a energia acabou na tarde de quinta-feira, 29, e até o momento não foi reestabelecida, causando perda de vários produtos, como leite e queijo produzidos no local.

“Há dois dias está em energia aqui no meu sítio. Perdi quase toda a comida aqui”, disse um internauta.

O Acontece Botucatu fez contato com a CPFL que enviou a seguinte resposta:

“A CPFL Paulista informa que, devido ao forte vendaval atingiu Botucatu, na tarde de hoje, condutores elétricos foram rompidos ocasionando a falta de energia em pontos isolados da cidade. As equipes técnicas foram reforçadas e seguem realizando todos os procedimentos necessários para isolar o defeito e evitar acidentes com a população. A companhia reforça que mobilizou os recursos necessários para a correção dos problemas  com a maior agilidade possível. Em relação a equipamentos danificados, a distribuidora orienta seus clientes a procurar a companhia por meio de seus canais de atendimento e solicitar o ressarcimento seguindo os procedimentos. Os pedidos podem ser solicitados até 90 dias depois da ocorrência que teria danificado o aparelho. O consumidor deve fornecer uma breve descrição do caso, com provável data e horário do ocorrido, informações sobre sua unidade consumidora,  relato dos problemas apresentados e detalhes de marca e modelo do aparelho.​​​”