Projeto que proíbe utilização de fogos de artifício em Botucatu deve ser votado em março

Cidade
Projeto que proíbe utilização de fogos de artifício em Botucatu deve ser votado em março 27 fevereiro 2020

 

O Projeto de Lei 081/2019 deverá voltar para a pauta da Câmara Municipal na sessão do dia 09 de março. A matéria, de autoria do Vereador Sargento Laudo, chegou a ser discutida no dia 16 de dezembro de 2019, última sessão do ano, mas foi adiada.

O pedido de adiamento na oportunidade foi feito pelo Vereador Paulo Renato (PSC), por 6 sessões. O parlamentar argumentou naquele momento que o projeto precisava de mais tempo para ser apreciado.

Foi colocado em votação o adiamento do projeto, sendo o placar 7×3 para a discussão apenas em 2020. A votação na oportunidade foi a seguinte:

Votaram contra o adiamento – Carlos Trigo, Rose Ielo e Sargento Laudo (autor).

Votaram pelo adiamento da discussão– Abelardo, Paulo Renato, Izaias Colino, Alessandra Luchesse, Cula e Jamila Cury Dorini e Zé Fernandes.

Polêmica

O Projeto de Lei 081/2019 ‘dispõe sobre a proibição da utilização de fogos de artifício e similares no âmbito do município de Botucatu’ (Descrição do projeto).

A matéria é polêmica. Especialmente Defensores da Causa Animal criticam severamente a soltura de fogos de artifício após vários incidentes que vitimaram animais domésticos em Botucatu nos últimos anos. O plenário esteve repleto de pessoas favoráveis ao projeto em dezembro e o mesmo deve ocorrer no dia 09 de março.

Muitos profissionais da Saúde e cuidadores de idosos também não poupam a prática que envolve fogos com estampido (barulho). Por outro lado, comerciantes criticam a discussão no município.

Fogos são usados comumente em comemorações esportivas, religiosas e sociais. O projeto entra em discussão justamente em uma das épocas mais intensas para a soltura de fogos, ou seja, as festas de fim de ano.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO