Projeto do Parque Linear do Rio Lavapés é apresentado no DAEE

Cidade
Projeto do Parque Linear do Rio Lavapés é apresentado no DAEE 12 março 2019
A obra terá início na Cohab I e irá se estender até a altura do quarteirão do Central (Foto Acontece Botucatu)

O Parque Linear do Lavapés foi alvo de uma importante discussão nesta segunda-feira, dia 11, durante reunião entre o Prefeito Municipal de Botucatu Mário Pardini e diretores do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica). A reunião foi realizada em Piracicaba, na sede do órgão.

A obra é tratada como prioridade em Botucatu, pois dotaria uma parte importante da cidade na questão da drenagem urbana. O Projeto Técnico do Rio Lavapés foi apresentado pelo Prefeito ao DAEE Piracicaba, órgão responsável pela chamada Bacia do Médio Tietê.

Segundo apurou o Acontece Botucatu, foram apontadas algumas questões pelo DAEE e a Prefeitura fará as adequações pedidas nesta reunião. Uma nova reunião deve ser feita em breve para outra apresentação do Projeto Executivo.

A obra terá início na Cohab I e irá se estender até a altura do quarteirão do Central Supermercados. Serão colocados 2 mil m² de gabiões para conter erosão, além do levantamento de pontes.

Serão colocados 2 mil m² de gabiões para conter erosão, além do levantamento de pontes. Foto Acontece Botucatu

Haverá em toda a extensão a revitalização das margens. Serão construídas pistas de caminhada e corrida, um Parque, playground, entre outros equipamentos de lazer e esporte nessa extensão. Segundo Pardini, há a possibilidade de licitação e início das obras já para o fim de 2019.

“Depende da viabilização das licenças. Creio na capacidade técnica e dos trabalhos do nosso escritório de projetos, para que a gente possa conseguir a outorga e licenças. Se Deus quiser e tudo der certo, podemos licitar e começar a obra ainda esse ano”, disse Pardini ao Acontece Botucatu e entrevista para a Criativa FM.

Há muitas décadas a região do Lavapés sofre com a falta de drenagem urbana e consequente alagamentos após fortes chuvas. A obra está orçada em aproximadamente R$ 18 milhões e a maior parte do recurso virá do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal.

 

 

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO