Prefeitura publica decreto que torna obrigatório o uso de máscaras em bancos e mercados de Botucatu; serão distribuídas 80 mil máscaras

A Prefeitura Municipal de Botucatu tornará obrigatório o uso de máscaras em bancos, mercados e outros pontos públicos no município. O decreto foi publicado nesta quarta-feira, 29, e a medida entra em vigor no dia 04 de maio com o objetivo de combater o novo coronavírus, de acordo com os objetivos preconizados pelo Ministério da Saúde.

O Acontece Botucatu adiantou a informação nesta terça-feira, 28, junto com a rádio Criativa FM, durante entrevista do Prefeito Mário Pardini.

Os estabelecimentos serão responsáveis pela execução da medida e em caso de descumprimento, ficarão passíveis de multa e cassação do alvará. A Vigilância Sanitária é quem fará a fiscalização.

Diante dessa situação, a Prefeitura divulgou também que irá distribuir inicialmente 80 mil máscaras de tecido (reutilizáveis) de casa em casa em bairros com maior presença de famílias socialmente vulneráveis. A distribuição será gratuita.

“Também distribuiremos em 16 pontos instalados em frente a supermercados e nos 3 principais pontos de embarque do transporte coletivo no Centro (Igreja São Benedito, Camelódromo e Paratodos)”, disse o Prefeito Mário Pardini.

De acordo com a Prefeitura, o objetivo é nas próximas semanas adquirir máscaras suficientes cada um dos 150 mil habitantes na média. Os mercados também poderão comercializá-las, porém, com valor tabelado pela Prefeitura de até R$ 1,59.

Veja também no Acontece Botucatu

Estudo feito em Botucatu pode ajudar a identificar pacientes com câncer mais propensos a desenvolver caquexia