Prefeitura deve retomar concurso público que foi suspenso na pandemia em Botucatu

Certame em Botucatu deve ser publicado ainda neste ano, diz Pardini

A Prefeitura deve publicar novamente o concurso público que foi suspenso na pandemia em Botucatu. A declaração foi dada nesta sexta-feira, dia 03, pelo Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, durante entrevista à Rádio Criativa FM.

As provas estavam inicialmente previstas para o dia 17 de maio de 2020, mas o concurso teve que ser adiado, por conta da pandemia do novo coronavírus. O assunto foi discutido essa semana na Prefeitura.

“Tive uma reunião ontem com o Secretário de Governo, Fábio Leite, para definir essa situação e devemos republicar até o final do ano. Esse concurso público que foi interrompido por causa da pandemia em 2020 é especifico para reposição de cargos. Bom lembrar que por conta de uma lei federal de 2020 nós não podemos realizar concurso para novos cargos, mas superada essa questão da lei 173 do governo federal, que impede a ampliação de gastos com recursos humanos na administração pública, a gente quer abrir um novo concurso para ampliação de vagas, pois temos postos de saúde para inaugurar e vamos precisar de novas vagas e também para reposição”, disse Pardini.

A lei citada pelo Prefeito de Botucatu foi aprovada em 2020 e fala, entre outras coisas, de concursos públicos, ficando vedada a realização a realização de certames até 31 de dezembro de 2021. A medida visa coibir a geração de gastos com novos cargos após o impacto econômico do coronavírus. Ocorre que o concurso de Botucatu já estava em andamento.

“Então, provavelmente teremos num espaço de 18 meses mais dois concursos públicos, sendo um para reposição de vagas pendentes e outro para criação de novas vagas e esse talvez em 2022”, colocou.

As pessoas que pagaram a inscrição e não quiserem fazer a prova, após esse longo período, deverão ser reembolsadas, segundo Pardini.

“Tão logo a gente publique o edital convocando que fizeram a inscrição para participar do concurso, as pessoas que já pagaram, mas já estão em outro emprego e que não foram reembolsadas, a gente vai buscar alternativas de reembolso sim”, finalizou o Prefeito de Botucatu.

O concurso público da Prefeitura de Botucatu era destinado para o preenchimento de 55 vagas diretas e cadastro reserva para 65 funções. O processo está sob responsabilidade da Universidade Municipal de São Caetano do Sul – USCS, através da Coordenadoria de Apoio a Instituições Públicas – CAIPIMES.