Prefeitura anuncia novas medidas na Fase Laranja; Pardini nega toque de recolher em Botucatu

Medidas em Botucatu foram anunciadas nesta terça-feira, 19. Prefeito negou que cidade tenha toque de recolher

A Prefeitura de Botucatu anunciou nesta terça-feira, dia 19, novas medidas de combate ao novo coronavírus em Botucatu. A divulgação ocorreu em entrevista coletiva no Teatro Municipal.

As ações envolvem novos horários do comércio e atividades da economia dentro da chamada fase laranja, imposta pelo Governo do Estado na última semana. Há pontos específicos sobre estabelecimentos que oferecem consumo de alimentos e bebidas.

Será permitido, segundo decreto municipal que será publicado hoje, o funcionamento da economia por 8 horas. As atividades dos chamados serviços não essenciais poderão ser feitas até às 22 horas, sendo que a partir desse horário, não será permitida a presença nesses estabelecimentos.

Durante a coletiva, Mário Pardini disse que não haverá toque de recolher em Botucatu. Ele frisou as restrições da fase laranja nos serviços e espaços públicos.

“Não terá toque de recolher em Botucatu ou lockdown, nada disso. Se fosse isso, não teria nem carro circulando nas ruas”, disse Pardini.

De acordo com Pardini, haverá restrição apenas para circulação de pessoas após 22 horas em estabelecimentos não denominados de não essenciais, além de praças e espaços públicos. Será também proibida a venda ou consumo de bebidas alcoólicas nesses espaços a partir das 22 horas.

“Não é toque de recolher, repito, não é toque de recolher, não existe isso. No toque de recolher as pessoas não podem nem sair nas ruas. Isso não terá em Botucatu. Neste decreto está permitido para os estabelecimentos não essenciais o funcionamento após às 22 horas no sistema delivery e drive-thru”, colocou.

O recebimento de pedidos em restaurantes e lanchonetes de Botucatu deverão ser realizados até às 20 horas, sendo que o consumo no local poderá ser feito até às 22 horas. Essas medidas ficarão em vigência até o dia 07/02. Fica também vedada a abertura de Buffets nesse período.

Novos pontos de atendimento

As Unidades de Saúde passam a integrar a Central Covid, com ampliação de coletas, divulgação de resultados, monitoramento das visitas domiciliares e monitoramento telefônico.  As Unidades de Saúde passam a atender prioritariamente paciente Covid a partir desta quarta-feira, dia 20.

Essas medidas possuem o objetivo de amenizar o alto número de pacientes do Hospital das Clínicas de Botucatu. O novo decreto suspende as férias de todos os funcionários da saúde no município.

Também foi anunciado que a partir desta quarta-feira, 20, quatro Unidades de Saúde passarão a funcionar como prontos atendimentos durante os fins de semana. As Unidades do Jardim Iolanda, Jardim Cristina, Rubião Júnior e da Cohab 1 abrirão aos sábados e domingos, das 14 às 22 horas, para atender exclusivamente casos suspeitos de Covid-19.

Cilindros de oxigênio em Botucatu

A Prefeitura de Botucatu solicitou nesta terça-feira, 19, aos hospitais da Cidade, Hospital das Clínicas e Unimed, informações sobre a disponibilidade de oxigênio para atendimento aos pacientes.

A medida visa evitar transtornos como os ocorridos no estado do Amazonas. O oxigênio está presente em leitos de UTI dos Hospitais.

“Também já nos colocamos à disposição deles para ajudar, se preciso, na aquisição deste insumo e evitar qualquer probabilidade de desabastecimento que possa existir”, disse.

Veja abaixo a coletiva com os anúncios da fase laranja