Prefeito se reúne com CPFL para discutir fornecimento de energia para região do Rio Bonito

Na tarde desta terça-feira (24), o prefeito de Botucatu, Mário Pardini, esteve reunido em seu gabinete com representantes da CPFL Paulista para discutir melhorias no fornecimento de energia para a região compreendida pelo distrito de Vitoriana, que também inclui o Rio Bonito, Porto Said, Mina e Alvorada da Barra. O encontro foi motivado por inúmeras reclamações de pessoas que estiveram nessas localidades para comemorar o Reveillon e foram surpreendidos por um longo período às escuras, sem energia elétrica.

Participaram do encontro o engenheiro líder de manutenção, Adailton Mariano Machado Júnior; o técnico líder da região, Júnior Juliano Ramos e o consultor de negócios da CPFL, Luiz Antonio de Campos; o subprefeito de Vitoriana, Márcio Roberto dos Santos; o presidente da Associação de Moradores da Mina, Edmundo Anselmo Paganini; rancheiros e comerciantes do Rio Bonito; além de secretários e assessores ligados ao gabinete do prefeito.

Pardini relatou a insatisfação do governo com o ocorrido na virada do ano e abriu a oportunidade para que os representantes da comunidade pudessem relatar as dificuldades que enfrentam no dia a dia, relacionadas ao fornecimento de energia. A queixa principal é que, especialmente em períodos de feriado prolongado ou em datas comemorativas, quando a frequência na região do Rio Bonito aumenta, as quedas de energia são frequentes, causando transtornos à população e prejuízos aos comerciantes.

Os representantes da CPFL também tiveram a oportunidade de falar das dificuldades que enfrentam. A principal delas seria a grande disparidade entre a carga real e a carga declarada dos imóveis, que acaba sobrecarregando o sistema e interferindo diretamente no fornecimento de energia. Segundo eles, investimentos já estão sendo feitos, com base no crescimento vegetativo da região do Rio Bonito, para garantir mais robustez ao sistema e evitar que situações como a registrada no fim de ano voltem a ocorrer com frequência. De acordo com os registros da CPFL, em 2016 foram seis interrupções no fornecimento de energia naquela região.

Pardini solicitou que a empresa faça um acompanhamento mais próximo das situações enfrentadas por moradores e rancheiros e tome providências para que os problemas não voltem a se repetir durante o Carnaval. Os técnicos se comprometeram em visitar a região e fazer uma conferência visando identificar pontos críticos que possam ser melhorados. Além disso, o prefeito encaminhará ofício à CPFL solicitando estudos para redimensionamento do sistema e execução de obras que o torne mais robusto.

“Saímos da reunião com o compromisso da CPFL de dar uma atenção especial à região do Rio Bonito, que cresceu muito e tem recebido um número de visitantes cada vez maior por conta das melhorias que a prefeitura executou, principalmente na orla. Já informamos, inclusive, que aqui na prefeitura criaremos um grupo para acompanhar os padrões de fornecimento de energia no município. Vamos acompanhar de perto essa situação”, garante o prefeito.