Pardini diz que algumas vagas de estacionamento na Pinacoteca poderão ser mantidas

 

Eduardo Razuk, Sergio Bacchi e Mário Pardini em reunião em São Paulo

Um assunto que causou polêmica no início deste ano pode ter um desfecho em breve, as vagas de estacionamento no prédio que irá abrigar a Pinacoteca. Há décadas dezenas de vagas servem as pessoas que trabalham ou frequentam a área central, seja na Dom Lúcio ou pela General Telles.

Com a Pinacoteca em fase final de acabamento, a 2N Engenharia cortou recentemente as vagas existentes em torno do prédio histórico. Saturada e quase sem locais para estacionamento, a região central seria negativamente impactada com o corte de aproximadamente 30 vagas. Essa foi a reclamação de centenas de pessoas que passam por ali.

Na manhã desta sexta-feira, dia 23, o Prefeito de Botucatu Mário Pardini esteve em São Paulo visitando um escritório de arquitetura que também trabalha na restauração do prédio que irá abrigar a Pinacoteca. O chefe do executivo levou um estudo explicando que a extinção total das vagas seria muito prejudicial para a mobilidade local.

“Saindo agora do Escritório de Arquitetura do Dr. Alvaro Razuk, especialista e revitalização de prédios tombados e patrimônios culturais. Trouxe argumentos técnicos para a preservação de ao menos parte das vagas de estacionamento na praça da Pinacoteca. Ele nos recebeu muito bem e irá avaliar”, disse Pardini ao Acontece Botucatu.

É difícil que todas as vagas sejam restabelecidas, mas parte disso poderá permanecer após a reunião de hoje. Novas guias estão sendo feitas na frente do prédio e já existe um estreitamento da via na Dom Lúcio. Anunciadas em 2010, as obras da Pinacoteca custaram aproximadamente R$ 14 milhões. Os custo anual do equipamento será em torno de R$ 1,5 milhão.

O espaço, com 2.878 m² de área construída, abrigará no térreo o Museu da Arte Contemporânea [MAC] – “Itajahy Martins”, tradicional instituição museológica da Cidade com cerca de 300 obras de importantes artistas nacionais e internacionais e que este ano completa 33 anos. Na parte superior, no antigo “Salão do Júri”, ficarão as exposições da Pinacoteca do Estado.