Obras da Represa do Rio Pardo em Botucatu avançam na fase de escavação

As obras da Represa do Rio Pardo que estão sendo executadas na região da Cachoeira Véu de Noiva já começam a dar a forma do equipamento.

A obra já tem concluído o canal de desvio do Rio, bem como a ensecadeira, necessários para a construção. Simultaneamente, as empresas responsáveis realizam a escavação de parte do terreno, que será continuada através da detonação de rochas, em data a ser informada.

As empresas responsáveis continuam também a execução da barragem de terra, que servirá de base para a estrutura de aço e concreto, bem como o plantio compensatório de mudas.

“Dia a dia essa obra avança. Estamos acompanhando de perto para que tudo seja feito da melhor forma, com segurança e eficiência. Nosso sonho é que entre 2022 e 2023 possamos iniciar a operação deste equipamento e garantir o abastecimento da cidade por 50, 60 anos”, citou o Prefeito Mário Pardini.

A barragem do Rio Pardo garantirá a autossuficiência no abastecimento de água em Botucatu nas próximas décadas. A vazão estimada para atender a população botucatuense nas próximas décadas é de 800 litros de água a cada segundo, muito superior à capacidade média atual de produção do Rio Pardo.

A Represa do Rio Pardo ficará 9 km à montante da Represa do Mandacaru, acima da Cachoeira do Véu da Noiva. Seu volume total de reservação é de 9 bilhões de litros de água. Sua área chegará a 280 hectares, sendo 130 de Área de Proteção Permanente. Somente a barragem terá 566 metros de extensão, com profundidade que varia entre 15 e 20 metros.