Novas unidades habitacionais estão em estágio avançado de construção, diz Prefeitura

A Prefeitura noticiou nesta terça-feira, dia 10, que unidades habitacionais conquistadas recentemente estão em adiantado estágio de construção. Só no Faixa 1, do Minha Casa Minha Vida, que tem a parcela mais baixa, são 992 apartamentos que estão sendo construídos na região da antiga Chácara Cachoeirinha, ao lado da Cohab II.

Nas primeiras 500 unidades desse empreendimento, alguns blocos apresentam estrutura na altura do segundo andar. Dois salões de festa e quadra poliesportiva, previstos no projeto, já estão também em fase adiantada.

“As obras estão correndo em um ritmo que nos deixa bastante otimistas. Se levarmos em conta a proporção de habitantes das cidades, temos hoje um dos maiores, senão o maior empreendimento de habitação popular de todo o país”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

Os apartamentos do empreendimento terão 56 m² cada, com varanda, e o condomínio terá ainda quadra poliesportiva, playground infantil, guarita, vagas para estacionamento de veículos, entre outras instalações.  Para o local a Prefeitura quer a construção de mais um posto de saúde, uma escola de tempo integral e instalações de entretenimento e lazer.

Números expressivos

Na portaria expedida pelo Ministério das Cidades no último dia 28 de março, que aprovou o projeto botucatuense de mais 492 unidades habitacionais no Residencial Cachoeirinha, outros 31 municípios do país foram beneficiados. No Estado de São Paulo foram apenas 15. Botucatu foi segunda colocada no Estado entre os Municípios com maior número de unidades contempladas, atrás apenas da Capital e sexta no Brasil (entre as cinco cidades com mais unidades, quatro são capitais: Brasília, Belém, Salvador e São Paulo).

Com este novo empreendimento, Botucatu passa a ter mais de 2 mil unidades residenciais em construção ao mesmo tempo. Além das novas 992 unidades do Residencial Cachoeirinha, são mais 337 casas no Residencial Paratodos, que estão em fase final de acabamento, e 700 apartamentos na Avenida Itália, no Lavapés.

O número ultrapassa as 2 mil unidades pretendidas por Pardini em seu plano de governo.

“Se imaginarmos que cada família que consegue ter uma habitação própria, é composta por 4 pessoas, já estamos falando de 8 mil pessoas abençoadas. Vamos continuar trabalhando para promover a realização do sonho de quem mais precisa e uma Cidade com mais qualidade de vida a cada dia”, finaliza o Prefeito.