Não voto em Botucatu ou estou em situação eleitoral irregular. Onde vou me vacinar?

Prefeitura de Botucatu, Justiça Eleitoral, com apoio da OAB Botucatu e do Ministério Público, realizam no próximo domingo, 16, a vacinação em massa contra a Covid-19 em Botucatu.

Um dos requisitos para vacinação de quem mora em Botucatu é o título eleitoral, caso seja eleitor de Botucatu. Porém, quem não vota ou não está com o título eleitoral em dia, mas consegue comprovar com os documentos que mora em Botucatu, poderá se vacinar em outros locais. Confira!

– Complexo Esportivo Heróis do Araguaia, no Jardim Iolanda;

– SESI, na Cohab 3 (entrada pelos campos de futebol);

– Ginásio Paralímpico, ao lado do Ginásio Municipal de Esportes, no Bairro Alto;

– Escola Francisco Marins, em Rubião Júnior.

Estes munícipes deverão obrigatoriamente se cadastrar no site vacinaja.sp.gov.br, clicar no botão “população geral”, depois inserir o código de verificação de segurança e preencher o cadastro. A pessoas também deve apresentar no ato da vacinação documento oficial com foto, original (RG, CNH ou Passaporte) e comprovante de endereço em seu nome, original datado de outubro, novembro, ou dezembro de 2020 ou janeiro, fevereiro ou março de 2021.

Não poderá tomar a vacina do dia ?

Os munícipes que se enquadram nas regras do Dia “D” mas não estiverem em Botucatu na data da vacinação em massa, ou se enquadram nas regras do Dia “D” mas tomaram a vacina da gripe (h1n1) em período inferior a 15 dias da data de vacinação em massa, ou não se enquadram nas regras do Dia “D”, ou ainda tiveram Covid-19 no prazo de 30 dias antes vacinação, não deverão se apresentar nos locais de vacinação no dia 16 de maio.

Estes deverão até o dia 16 se cadastrar no site vacinaja.sp.gov.br (clicar no botão “população geral”, inserir o código de segurança e preencher o cadastro); e também se cadastrar no “pré-cadastro vacinal” (botucatu.sp.gov.br, clicar no banner da vacinação em massa e preencher o cadastro).

No dia 17 de maio, a Prefeitura informará essas pessoas sobre o procedimento que deverão fazer para serem imunizados entre os dias 18 e 22 de maio.

Conforme orientação recente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, gestantes não serão imunizadas nesse momento.

Auditoria

Todo o processo de cadastro e vacinação em Botucatu terá o acompanhamento e auditoria realizadas pelas Forças de Segurança do Município (Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar), OAB Botucatu, Justiça Eleitoral, Ministério Público e Tribunal de Justiça de São Paulo.

A iniciativa faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates.

A vacinação será exclusiva para moradores de Botucatu, com idade entre 18 e 60 anos (menores de 18 anos não possuem vacina aprovada para essa faixa etária e maiores de 60 anos continuarão sendo vacinados nas unidades de saúde seguindo o Plano Nacional de Imunização).