Morro de Rubião Junior será fechado todos os dias às 20 horas

A Prefeitura de Botucatu, o Conselho Municipal de Turismo, as Forças de Segurança da Cidade e a Cúria Arquidiocesana, estão promovendo novas medidas para a preservação do Morro de Rubião Júnior, patrimônio turístico do Município.

A limpeza de todo o entorno da Igreja de Santo Antônio foi feita a duas mãos, pelo projeto Cuesta Limpa, que no último fim de semana recolheu diversos tipos de materiais descartados incorretamente no Morro, como garrafas de vidro e plástico, e pela Zeladoria Municipal, que realizou capina e roçada no local.

Agora, o acesso à igreja também sofrerá mudanças, sendo permitida a presença de turistas apenas até às 20 horas, com exceção para os dias em que houver celebrações religiosas.

A Subprefeitura de Rubião Júnior instalou novas lixeiras no ponto turístico e junto com a Secretaria de Infraestrutura revisou a iluminação, a fim de garantir maior segurança aos visitantes e reforçou a sinalização de trânsito.

“Precisamos olhar com carinho para os nossos pontos turísticos, valorizá-los e garantir que os botucatuenses e as pessoas que vêm de fora tenham a melhor experiência possível em nossa Cidade. Contamos com o apoio de cada um nesse propósito”, afirmou Roberta Sogayar, Secretária Adjunta de Turismo.

Nos próximos dias, haverá o reforço do sistema de monitoramento, que pertence à própria igreja.

“Estamos instalando uma rede de internet e buscamos uma parceria para a segurança monitorada. Com a atualização da aparelhagem para este serviço, será possível que as Forças de Segurança realizem um monitoramento mesmo que à distância, para coibir vandalismo e outras atividades ilícitas”, citou o Pároco da Igreja, Padre Alberto Fernando Campezato.

As rondas pelo local também serão fortalecidas. Guarda Civil Municipal e Polícia Militar já começaram a executar novas estratégias no local.

“Essa série de estratégias visa garantir a segurança dos visitantes, evitar ações ilícitas e valorizar esse ponto turístico, que é um dos mais requeridos da Cidade. Creio que essa parceria vai nos ajudar e muito a preservar o Morro de Rubião”, finalizou Marcelo Emílio de Oliveira.