Morador relata vandalismo em praça do Central Park em Botucatu

Um morador da região do bairro Central Park, que fica entre as rodovias Gastão Dal Farra e Castelinho, em Botucatu, relatou ao Acontece uma situação de vandalismo e depredação de espaço público.

“Veja como encontrei a praça nesta manhã. Só pode ter sido uma festa da pizza durante a noite. Todas as lixeiras da praça tem caixas de pizza e latas e garrafas de bebidas”, disse um morador.

Mas o problema não é esse, em que pese estarmos em quarentena e isolamento social, além da aglomeração, as pessoas destruíram equipamentos e plantas da praça. Além de lixo também jogado no chão, foram danificados vários brinquedos de madeira e plantas foram arrancadas.

“Difícil chegar aqui num domingo cedo, um dia tão lindo, e presenciar essa cena. Total desrespeito a toda a comunidade do Central Park por parte desses vândalos. Gente que não tem o que fazer e vem destruir o que muita gente usa. Espero que a Guarda Municipal descubra quem fez essas barbaridades aqui”, relatou outro morador que usa frequentemente a praça para prática de esportes.

Localizado próximo à Rodovia Gastão Dal Farra, o parque conta com aproximadamente 6,4 mil m² de área, e diversos equipamentos para a prática de esportes e lazer. O local foi inaugurado em agosto de 2018, numa parceria entre a prefeitura de Botucatu com uma empresa de loteamentos, com investimentos de mais de R$ 500 mil.

O projeto contemplou calçamento urbano nos passeios, arborização e vegetação paisagística, pista apropriada para caminhadas, quadra poliesportiva, quadra de futebol de areia e vôlei, playground, academia ao ar livre, mobiliário urbano e iluminação pública.