Lançado Guia de Aves de Botucatu e São Manuel

No dia 21 de junho, no auditório do Parque Municipal Joaquim Amaral Amando de Barros, aconteceu o lançamento do Guia de Aves de Botucatu e São Manuel. A publicação compila dados de levantamentos de avifauna realizados nos dois municípios que registraram a presença de 342 espécies de aves, das quais 27 são ameaçadas de extinção e outras 14 consideradas quase ameaçadas.

O Guia é resultado do trabalho de popularização e difusão da Ornitologia por meio do projeto de extensão “Passarinhando: Educação Ambiental e Conservação”, coordenado pela professora Silvia Mitiko Nishida, do Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências (IB) da Unesp, câmpus de Botucatu, e conta com o apoio do Laboratório de Etologia do IB; Fazendas de Ensino, Pesquisa e Extensão (Fepe) da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp; o Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Faculdade de Medicina  Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp e Secretaria do Verde da Prefeitura Municipal de Botucatu.

A obra tem como autores as professoras Silvia Mitiko Nishida e Renata Cristina Batista Fonseca; os pós-graduandos João Pedro Salvador Boato, Lais Lopes de Freitas, Daniel Pagnin; o graduando Victor Rodrigues Antonelli e o bacharel em Biologia Gustavo Toledo Bacchim.

O professor Cesar Martins, diretor do IB, ressaltou a importância do Guia. “É uma satisfação muito grande para nossa Faculdade contribuir para o lançamento dessa obra. Vivemos um momento em que cada vez se torna mais importante colocarmos a instituição a serviço da sociedade e, nesse sentido, trabalhos com esse viés extensionistas são muito importantes. Nossa sociedade é muito carente do conhecimento científico produzido pela universidade e isso pode ser feito por ações simples como essa proposta de fazer um guia. Agradeço a professora Silvia, a grande articuladora dessa ideia, e toda sua equipe”.

O engenheiro agrônomo Marcio Piedade Vieira, secretário do Verde de Botucatu, também saudou a iniciativa da publicação. “A gente só cuida do que a gente conhece e gosta. Creio que esse Guia representa uma grande oportunidade para que muitas pessoas possam conhecer as aves da nossa região e adquirir uma consciência que vai se transformar em hábito de cuidar. Espero que esse Guia seja uma ferramenta para a mudança de hábitos”.

A professora Silvia Nishida agradeceu parceiros, colaboradores e coautores do Guia e falou sobre a importância da preservação ambiental. “O Guia de Aves é o resultado de muitos trabalhos de ensino e pesquisa. E agora, ao devolver para os municípios de Botucatu e São Manuel o conhecimento sobre a avifauna cumprimos a função de extensão. Através dos levantamentos feitos para o Guia nos ajuda a entender que políticas publicas são necessárias para garantir que os fragmentos de mata remanescentes na região sejam mantidos e também estimular a recuperação ambiental do cerrado. É o trabalho coletivo de conhecer que vai nos possibilitar a prática da conservação”.

Três das áreas onde foram realizados os levantamentos da avifauna que compõem o Guia pertencem à Unesp. São as fazendas experimentais Lageado, Edgárdia e São Manuel. “Ao longo do tempo, desde a criação do curso de graduação em Engenharia Florestal da FCA, alguns levantamentos já foram feitos nas fazendas, com a participação de alunos de graduação e pós-graduação. Para compor essa lista, juntamos todos os levantamentos e elaboramos uma listagem de aves referente ao Lageado e à Edgárdia. No caso específico da Fazenda São Manuel, foi feito um levantamento para um trabalho de conclusão de curso realizado por um orientado da professora Sílvia Nishida (ver reportagem), que foi muito interessante porque até as pessoas que trabalham ou moram lá não tinham ideia da riqueza da avifauna no local”, comentou a professora Renata Fonseca, vice-supervisora das Fepe da FCA. “É importante lembrar que nossas três fazendas totalizam 2500 hectares, sendo mais de 60 hectares de reservas naturais. Isso faz com que possamos ter essa grande biodiversidade na área”.

O Guia de Aves de Botucatu e São Manuel pode ser adquirido junto ao Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências pelos telefones (14)3880-0328 ou (14) 3880-)0330 ou via e-mail: silvia.nishida@unesp.br