Defesa Civil registrou mais de 50 chamados devido às chuvas intensas em Botucatu

Cidade
Defesa Civil registrou mais de 50 chamados devido às chuvas intensas em Botucatu 11 fevereiro 2020
Foto Acontece Botucatu

A Defesa Civil de Botucatu está trabalhando desde as primeiras horas desta segunda-feira, 10, para atender às ocorrências da chuva que atingiram a Cidade. Foram cerca de 270 milímetros de chuva, da meia noite até o meio dia, segundo registros da Estação Metrológica da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA/Unesp), o maior volume concentrado entre a 1 e 4 horas da manhã. Com a chuva intensa, o Rio Lavapés transbordou, inundou casas às margens, danificou e removeu pontes em seu percurso.

“O que aconteceu em Botucatu não tem precedente recente. O concentrado de chuva foi muito intenso e não tivemos o que fazer. Graças a Deus, ninguém se feriu dentro da Cidade. Nossas equipes estão trabalhando desde a madrugada para remover as famílias das casas danificadas pela chuva e dar abrigo seguro para elas”, explicou o Prefeito Mário Pardini.

Foram 48 ocorrências registradas no perímetro urbano até o meio da tarde desta segunda-feira, 10. Os casos mais graves foram na Rua Independência, onde cerca de 20 casas ficaram de baixo d’água e na Rua Rafael Sampaio, onde a ponte sobre o Rio Lavapés foi arrancada pela força da enxurrada.

Ao todo, sete pontes caíram e outras cinco ficaram danificadas. As pontes que caíram são: Rua Coronel Fernando Prestes (Centro), Avenida Itália (Garagem Municipal), Rua Rafael Sampaio (Centro), Rua Amando de Barros (Centro), Rua Prefeito Tonico de Barros (Centro), Estrada Moretto (Acesso a SP-191), e Fazenda Experimental do Lageado (Unesp/FCA).

Além da Rua independência, outros 14 pontos ficaram alagados ou inundados, entre eles a região do Terminal Rodoviário e a estrada Alcides Soares. O trânsito já está liberado nestes pontos.

Em decorrência das chuvas, seis ruas estão com o trânsito interditados e os motoristas precisam de atenção. São elas: Rua Prefeito Tonico de Barros (Centro), Rua Santos Dumond (Centro), Rua Coronel Fernando Prestes, 12 (Centro), Rua Rafael Sampaio (Centro), Rua Amando de Barros (Centro) e Rua Emílio Cani (Centro).

As aulas também foram suspensas até terça-feira, 11, em duas escolas (Elda Moscogliato e Raul Torres) e uma creche municipal (Creche da Vila Aparecida). Nas demais escolas, o atendimento ocorre normalmente.

 Até o momento, três pessoas estão desaparecidas. Duas seriam ocupantes de um veículo que foi arrastado pela enxurrada ao tentar passar sobre a ponte do Rio Capivara, na Rodovia Alcides Soares. E a outra vítima seria o motorista de um caminhão que caiu em uma cratera na Rodovia Marechal Rondon, próximo à Praça de Pedágio. O Corpo de Bombeiros de Botucatu trabalha na localização das vítimas.

 

 

 

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento