Defesa Civil e Guarda Municipal atenderam mais de 200 chamados em decorrência das chuvas

A Guarda Civil Municipal e a Defesa Civil fecharam um balanço parcial dos atendimentos realizados em decorrência das chuvas que atingiram Botucatu desde a madrugada de segunda-feira, 10. Foram 226 chamados pelo telefone 199 de pessoas pedindo algum tipo de auxílio.

A maioria das ocorrências foi sobre danos ao imóvel e desabamentos/deslizamento. Também houve chamados para inundação e alagamento, queda de ponte e árvore.

Também houve chamados para pontes caídas. No total são sete: Rua Coronel Fernando Prestes (Centro), Avenida Itália (Garagem Municipal), Rua Rafael Sampaio (Centro), Rua Amando de Barros (Centro), Rua Prefeito Tonico de Barros (Centro), Estrada Moretto (Acesso a SP-191), e Fazenda Experimental do Lageado (Unesp/FCA).

A Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social de Botucatu continuam prestando atendimento às pessoas desabrigadas e desalojadas pela chuva. São 155 desabrigados, sendo 30 desalojados que estão no Ginásio Municipal. As demais pessoas foram acolhidas por parentes e amigos.

Para atender a todos, a Assistência Social tem contado com doações de comida e roupas de voluntários. O foco agora é a arrecadação de móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos para serem doados a quem perdeu tudo. As doações podem ser encaminhadas ao Fundo Social de Solidariedade (Rua General Teles, 1434 – Centro. Telefone: 3811-1524), ou Ginásio Municipal “Doutor Mário Covas Júnior” (Maria Joana Félix Diniz, s/n – Vila Auxiliadora).

Atendimentos da Defesa Civil

Queda de Árvore – 01

Árvore com Risco Iminente de Queda – 01

Desabamento – 19

Inundação – 11

Alagamento – 07

Deslizamento – 18

Imóvel Avariado – 22

Queda de Ponte – 07

Residência em Risco – 12

Outras Ocorrências de Bombeiro/Defesa Civil – 128

 

Total – 226