Decreto sobre funcionamento de Botucatu na fase amarela deve ser publicado hoje

DRS-6, onde está Botucatu, sobe de fase em nova avaliação do Governo Paulista (Foto Acontece)

O Decreto que especifica como o comércio de Botucatu funcionará durante a fase amarela deve ser publicado pelo Prefeito de Botucatu Mário Pardini nesta segunda-feira, 10. Na última sexta-feira, 07, a região da DRS-6 foi reclassificada no Plano São Paulo.

Essas reavaliações são realizadas a cada duas semanas, segundo o Governo Paulista. Botucatu estava há quatro semanas na Laranja, com apenas 4 horas de funcionamento do comércio. Com a evolução, a chamada parcela não essencial da economia poderá abrir novamente, com algumas limitações.

O decreto municipal regulamentará como comércio e setor de serviços devem funcionar e também os horários das atividades. Como vem ocorrendo há alguns meses, Pardini deve deixar que os Sindicatos de cada categoria estabeleçam quais horários são mais pertinentes para funcionamento.

Nesta fase o comércio, por exemplo, poderá funcionar por até 6 horas. Na última vez em que esteve no amarelo, foi estabelecida a redução de pessoas dentro dos estabelecimentos, com critérios rigorosos de segurança.

Restaurantes, bares e similares poderão novamente receber clientes, sempre com distanciamento. No último decreto nessas circunstancias houve redução da capacidade a 33% para esses locais.

O que pode cada fase?

A fase 3 (amarela) de flexibilização permite a reabertura parcial de atividades, como comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes e similares e salões de beleza.

Na fase 2 (laranja) é permitida a abertura do comércio com restrições e proíbe o funcionamento de restaurantes.

Já na fase 1 (vermelha), a mais restritiva, apenas atividades essenciais, como supermercados e farmácias, podem funcionar.