Casos de cachorros perdidos se multiplicam em Botucatu na madrugada após queima de fogos

Cidade
Casos de cachorros perdidos se multiplicam em Botucatu na madrugada após queima de fogos 01 janeiro 2022

A primeira madrugada do ano registrou uma enorme quantidade de casos de cachorros pedidos ou que fugiram após a intensa queima de fogos em Botucatu. Vale lembrar que no município existe uma lei que proíbe a soltura de fogos com estampido, fato que não foi respeitado e nem fiscalizado na hora da virada.

No grupo ARCA no Facebook foram diversos relatos de animais que fugiram de suas casas ou mesmo que foram encontrados desesperados pela rua. Os casos ocorreram em sua maioria no início da madrugada, após a queima de fogos por toda a cidade.

“Cachorro encontrado na avenida Camilo Mazoni em frente ao Peabiru Tem de Tudo. Está bem cuidado, porém assustado. Trouxe para minha casa. Ajudem compartilhando até chegar no dono (a) entrego mediante a provas”, disse uma integrante do grupo em uma das postagens.

“Cachorro macho encontrado na Unesp Rubião Junior agora a noite com medo dos fogos. Trouxe para minha casa. Por favor, me ajudem a divulgar até encontrarmos os donos! Obrigada!”, relatou outra.

“Por favor me ajudem. Minha cachorra fugiu com os fogos. O nome dele é amora. Me ajudem. Eu moro aqui na vila Maria. Ela fugiu da rua Jose Pereira”, escreveu outro internauta, entre tantos outros.

Além desses locais citados, foram encontrados animais no Ouro Verde, Itamaraty, área central, Jardim Planalto, Vila Antártica, Cachoeirinha, Jardim Iolanda, Cohab 3, Vila Maria, Vista Alegre, Vila Ferroviária, entre muitos outros.

Na página da Arca (Amigos Reunidos pela Causa Animal) são listados todos os casos. Diversas outras postagens sobre animais encontrados assustados foram relatadas nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Veja abaixo algumas fotos de animais que fugiram durante a madrugada em Botucatu.

Lei em Botucatu

Sancionada em abril de 2020, a lei 6.161 31 de março de 2020 “Dispõe sobre a proibição da utilização de fogos de artifício e similares no âmbito do município de Botucatu.” O autor é o vereador Laudo Gomes da Silva.

A legislação estabelece limites e punições sobre o assunto:

 “Art. 1° Fica proibido o manuseio e a soltura de fogos de artificio que causem poluição sonora, como estouros e estampidos, no município de Botucatu.

§ 1° Para efeito dos dispositivos constantes no caput deste artigo são considerados fogos de artifício:

a) Fogos de estampido;

b) Foguetes;

c) Morteiros;

d) Baterias;

e) Busca-pés;

f) Sinalizadores navais e similares.

§ 2° A proibição à qual se refere este artigo estende-se a todo o Município, em recintos fechados e ambientes abertos, em áreas públicas e locais privados.

§ 3° Excetuam-se desta proibição apenas os fogos de artifício chamados fogos de vista e de efeitos visuais, que não causem poluição sonora.

Art. 2° O descumprimento da proibição constante do artigo 1° desta Lei sujeitará o infrator à pena de multa de R$ 2.000,00 (dois mil reais) corrigidos por índice oficial do Município, sendo a pena duplicada em cada reincidência sucessivamente.

§1º Se o ato infracional previsto nesta lei acontecer mais de uma vez ao ano em estabelecimento privado, com a inequívoca ciência de seus proprietários, a empresa poderá ter seu registro de funcionamento cassado a critério do Poder Executivo, sem prejuízo da aplicação da multa.

§2º Caso a infração prevista nesta lei seja realizada a menos de 1000 (um mil) metros de distância de hospitais, casas de repouso e unidades escolares, a multa prevista no caput deste artigo será dobrada.

Art. 3º Os órgãos públicos municipais poderão realizar campanhas educativas para esclarecimento das proibições e sanções previstas nesta lei, além da nocividade dos artefatos explosivos à saúde humana e animal.

Art. 4º O Poder Executivo regulamentará a presente lei no que couber.

Art. 5º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Botucatu, 31 de março de 2020. Mário Eduardo Pardini Affonseca – Prefeito Municipal

Registrada na Divisão de Secretaria e Expediente em 31 de março de 2020 – 164º ano de emancipação político administrativa de Botucatu. Rinaldo Barbato – Chefe da Seção de Secretaria e Expediente.

Entenda por que fogos de artifício assustam cachorros e gatos

Entenda por que fogos de artifício assustam cachorros e gatos | Jornal Acontece Botucatu

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO