Câmara aprova doação de rede elétrica do Distrito Industrial IV à CPFL

Doação, que será feita pela Prefeitura, precisa de autorização legislativa

Foto: Prefeitura de Botucatu

Na sessão ordinária de 12 de julho, a última antes do recesso parlamentar de meio de ano, a Câmara de Botucatu aprovou a doação da rede de distribuição de energia elétrica do Distrito Industrial IV (denominado “Dr. Jairo Jorge Gabriel”) à CPFL, concessionária responsável pelo serviço público de distribuição de energia no município.

A doação, que será feita pela Prefeitura, precisa de autorização legislativa para acontecer, a qual foi garantida com a aprovação do projeto de lei 31/2021 de autoria do Prefeito. Na discussão da matéria, falaram os vereadores Marcelo Sleiman (DEM), Rose Ielo (PDT), Lelo Pagani (PSDB) e Sargento Laudo (PSDB).

Em resumo, eles justificaram seus votos, explicaram o contexto no qual a doação é necessária, ressaltaram a importância da medida para o desenvolvimento da cidade e reservaram algumas críticas à CPFL.

No Pequeno Expediente, os vereadores ainda aprovaram dois votos de pesar, 18 requerimentos, seis moções e 10 indicações. Já no Grande Expediente, foi a vez da fala livre dos parlamentares. Discursaram os vereadores Erika da Liga do Bem (Republicanos), Sargento Laudo, Lelo Pagani (PSDB), Palhinha (DEM), Rose Ielo, Silvio (Republicanos) e Abelardo (Republicanos).

Ficaram para depois do recesso

Além do PL 31/2021, a Ordem do Dia contava com mais dois projetos que receberam pedidos de vista. Eles retornam ao plenário na primeira sessão após o recesso parlamentar, em 2 de agosto.

O projeto de lei 28/2021, de iniciativa do vereador Silvio, pretende ampliar as proibições ao tabagismo na cidade, incluindo locais como pontos de ônibus. Uma emenda apresentada pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação também está em votação. Ambos receberam pedido de vista do vereador Abelardo.

Já o projeto de resolução 1/2021, de autoria dos vereadores Lelo Pagani, Alessandra Lucchesi (PSDB), Marcelo Sleiman e Rose Ielo, que propõe alterações no Regimento Interno da Câmara, em especial na dinâmica das sessões ordinárias, recebeu um pedido de vista do vereador Sargento Laudo. Ele justificou o pedido para ter mais tempo de analisar três emendas à matéria recebidas de última hora, todas de autoria do vereador Abelardo.

Recesso: dos dias 18 a 31 de julho a Câmara de Botucatu está em recesso parlamentar. Neste período, as sessões ordinárias estão suspensas, mas todos os outros trabalhos internos do Poder Legislativo continuam. Para informações durante este tempo, basta ligar em (14) 3112-2650 ou acessar e acompanhar qualquer um dos nossos canais de comunicação: Facebook, Instagram, aplicativo da Câmara, TV Câmara Botucatu (canal 31.3 da rede aberta ou 2 da Claro NET TV) e o site www.camarabotucatu.sp.gov.br.

Fonte: Câmara Botucatu