Botucatu recebe “Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome e à Desnutrição”

A equipe da Secretaria do Verde de Botucatu recebeu nesta terça-feira, 30, o “Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome e à Desnutrição”. O concurso é organizado pela Secretaria Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e premia iniciativas de instituições públicas e privadas que promovem a segurança alimentar. Botucatu foi destaque com o programa “Agricultura Urbana”.

O prêmio foi entregue em uma cerimônia na Capital. Botucatu recebeu uma “Salva de Prata” ao atingir a nota 53,5 com o programa “Agricultura Urbana”. Na mesma categoria, Poder Público, em segundo lugar ficou a Prefeitura de Rio Claro com o projeto “Horta Solidária: Experiência Bem-Sucedida no Município de Rio Claro” e em terceiro, a Prefeitura de Lins, com o projeto “Horta nas Escolas”.

Botucatu apresentou as atividades desenvolvidas no Município por meio do projeto “Agricultura Urbana”, que contempla a implantação de hortas comunitárias, pomares urbanos, jardins comestíveis, agricultura de cerca, mandala medicinal, hortas escolares e hortas domésticas na área urbana.

“Ficamos muito felizes com esse reconhecimento. Pudemos receber esse prêmio ao lado dos nossos principais parceiros, alguns dos responsáveis pelas hortas urbanas e que fazem nosso programa dar certo. O prêmio será incentivo para que nós consigamos ampliar ainda mais as hortas, pomares e jardins comestíveis em nosso Município”, destacou Márcio Piedade Vieira, Secretário do Verde.