Botucatu recebe madeira apreendida pela Polícia Ambiental para reconstrução de pontes

A Secretaria Municipal do Verde recebeu nesta semana aproximadamente 43 m³ de madeira, destinados pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente.

O material é resultante de apreensões realizadas pela Polícia Militar Ambiental e Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade – CFB, que buscam coibir, através do Programa “Madeira Legal”, o comércio ilegal de madeira no Estado de São Paulo.

Os tipos de madeiras recebidas são de ótima qualidade: cedrinho, tauarí, tauarí amarelo, tauarí vermelho e capiúba.

“É muito triste saber que ainda existem pessoas que burlam as regras que visam a manutenção de um equilíbrio ecológico do planeta, como é o caso dos comerciantes de madeiras ilegais. A tauarí, por exemplo, é nativa da região da Amazônia. É importante a população não adquirir madeira sem certificado”, afirma Márcio Piedade Vieira, Secretário Municipal do Verde.

Em Botucatu, o material recebido terá uma nobre finalidade: será utilizado na reconstrução das pontes e acessos rurais que foram destruídos durante as chuvas do último dia 10 de fevereiro.

Das 34 que foram totalmente fragilizadas na área rural da Cidade, 30 já foram reconstruídas.