Botucatu permanece na fase vermelha do Plano São Paulo

Botucatu, por estar na regional de Bauru, continua na fase vermelha; veja os dados

Foto Acontece Botucatu

O Governador joão Doria anunciou nesta sexta-feira, 03, uma nova avaliação dos dados de flexibilização do chamado Plano São Paulo. O anúncio vem com a permanência de Botucatu na Fase Vermelha, ou seja, a mais restritiva da economia.

A próxima reclassificação ocorrerá apenas no dia 10 de julho, próxima sexta-feira, quando há a expectativa para a reclassificação na Fase Laranja. Semanalmente o Governo Paulista vai divulgar uma reclassificação extraordinária, se houver. Hoje, por exemplo, Campinas foi rebaixada para a Fase 1, Vermelha.

Na última semana houve o rebaixamento da Laranja para a Vermelha em quase todo o interior paulista. A continuidade na fase mais severa descontenta as autoridades por conta da crise economia que se impõe nesses municípios.

Veja a nova atualização do Plano aqui

Como Botucatu está atrelada a Bauru

Antes do plano São Paulo, proposto pelo governo estadual, o cenário epidemiológico de Bauru considerava 39 municípios da chamada Região Administrativa. Nesse quesito, Botucatu seria incluída na região de Sorocaba.

Com a mudança proposta pelo Estado, toda a abrangência do Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS-6), responsável por 68 cidades, passou a ser considerada. O que significa a inclusão de municípios das regiões de Botucatu e Avaré.

Prefeitura recorreu duas vezes, mas até agora nada 

Pardini

A Prefeitura de Botucatu recorreu em junho após cair do Amarelo para o Laranja, mas não conseguiu êxito em um mandado de segurança impetrado no Plantão do Tribunal de Justiça. Após a publicação da sentença no dia 18 de junho, os Procuradores do Município recorreram da decisão, mas até agora não houve decisão.

Como tem melhores números que Bauru, em quase todos indicadores, a Prefeitura de Botucatu, se baseia juridicamente em critérios estabelecidos pelo “Plano São Paulo”, do Governo Estadual, que projetou todos os indicadores, como ocupação de leitos Covid-19, leitos Covid-19 por 100 mil habitantes, variação de casos positivos, variação do número de internações e variação do número de óbitos.

A faixa laranja prevê, por exemplo, horário reduzido de funcionamento de shoppings centers, das 6 horas na fase amarela, para 4 horas diárias neste atual cenário. O horário de atendimento do comércio e serviços também deve ser reduzido para quatro horas.

O que pode cada fase?

A fase 3 (amarela) de flexibilização permite a reabertura parcial de atividades, como comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes e similares e salões de beleza.

Na fase 2 (laranja) é permitida a abertura do comércio com restrições e proíbe o funcionamento de restaurantes.

Já na fase 1 (vermelha), a mais restritiva, apenas atividades essenciais, como supermercados e farmácias, podem funcionar.