Botucatu está entre as cidades com melhor serviço de saneamento, mostra ranking

Poá, Santos, Franca, Pindamonhangaba, Guariba, Santa Ernestina e Lins vão ser premiadas neste ano pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) por figurarem entre as cidades com melhor saneamento do Brasil.

Os investimentos da Sabesp em abastecimento de água e coleta e tratamento de esgotos contribuíram para colocar os municípios entre os 10 primeiros do país, de acordo com levantamento da Abes – edição 2018, entre as cidades de grande e de médio/pequeno porte.

Na categoria “Rumo à Universalização” aparece a cidade de Botucatu. A média geral do Brasil foi de 496,05 pontos. Entre as de grande porte, as cidades top 10 da Sabesp alcançaram notas maiores: Poá (499,98); Santos (499,87); Franca (497,83); e Pinda (497,73). Além dessas, a Companhia também tem entre as 29 melhores do ranking nacional os municípios de Taubaté, São José dos Campos e Botucatu.

Desde 2012 Botucatu atingiu a universalização do saneamento básico. São 100% de abastecimento de água, mais de 97% de coleta e 100% de tratamento do esgoto coletado, segundo números da Sabesp. A cidade tem aproximadamente 140 mil habitantes e supera 56 mil ligações ativas de água,com mais de 54 mil ligações de esgoto.

 

Compõem o estudo quase 2 mil municípios cujos dados foram fornecidos ao Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS2), o que representa 34% dos municípios do Brasil e 67% da população do país. O ranking avalia o percentual de pessoas atendidas pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e também a coleta e destinação de resíduos sólidos.

SERVIÇO

A premiação das cidades vai ocorrer dentro da programação do II Simpósio Ranking ABES, nesta quinta-feira (28), das 9 às 12 horas, no auditório do CRQ (Conselho Regional de Química), em São Paulo.