Botucatu é contemplada com mais 500 moradias do Minha Casa Minha Vida

 

Foto ilustração

O Acontece Botucatu traz uma notícia em primeira mão sobre habitação. Botucatu será contemplada com mais 500 unidades habitacionais do programa ‘Minha Casa Minha Vida’. A informação foi adiantada pelo próprio Acontece Botucatu no dia 14 de setembro, quando a Prefeitura ingressou com um projeto no Ministério das Cidades para conquistar as casas.

As unidades serão construídas na Chácara Cachoeirinha, uma grande área que fica ao lado da Cohab 2. O empreendimento será destinado à chamada ‘faixa 1’, a mais acessível e que contempla famílias com renda bruta mensal de até R$ 1,8 mil. A Prefeitura ainda vai divulgar o processo de inscrições.

A reportagem do Acontece Botucatu, ao observar as unidades destinadas à Botucatu no Diário Oficial da União desta segunda-feira, dia 06, entrou em contato com o Prefeito Mário Pardini, que confirmou o fato levantado pela nossa redação.

“Estou muito feliz e confirmo que fomos contemplados. Mesmo com a atual situação econômica do país, com o governo federal diminuindo os investimentos no faixa 1 do ‘Minha Casa Minha Vida’, conseguimos essas casas. O faixa 1 é muito desejado por todas as prefeituras do país, pois ele contempla as pessoas com extrema necessidade, com total subsídio do governo. Essa vitória se deve ao nosso projeto apresentado após muitas visitas em Brasília”, disse Pardini em contato com a reportagem do Acontece Botucatu.

Se fosse levar em conta a quantidade de casas que o governo Federal tem disponível para os municípios que apresentaram o projeto, cada cidade teria direito a apenas 15 casas em média. Botucatu, segundo o Ministério das Cidades, conquistou 500 casas pela qualidade do projeto apresentado em Brasília, intitulado como pelo próprio Ministério das Cidades como o melhor projeto do país.

“Conseguimos essas 500 casas pela qualidade técnica do projeto, pela localização, água e esgoto na porta, um projeto técnico bem feito, pelo fato do Cachoeirinha ser uma área com objetivo de saneamento técnico. Contou também pavimento e iluminação na porta, ou seja, tudo isso fez com que o projeto técnico fosse considerado pelo Ministério das Cidades um dos melhores do Brasil, se não o melhor”, explicou.

O Prefeito Mário Pardini esteve em Brasília nos dias 12 e 13, onde se encontrou com o Ministro das Cidades Bruno Araújo, que na oportunidade prometeu priorizar Botucatu. A audiência foi marcada e acompanhada pelo Deputado Federal Milton Monti.

“O Deputado Milton Monti foi decisivo, pois abriu a agenda para nós. Mais uma vez esteve conosco em assuntos delicados em Brasília. Também tive a companhia do Fernando Cury em muitas visitas na capital. Mas se não fosse a qualidade do projeto, não teríamos conseguido”, completou Pardini.

Em junho, o próprio Ministro anunciou que agora esses empreendimentos deverão contar com maior infraestrutura urbanística, como ruas entre os edifícios, paisagismo, água encanada, rede de esgoto e iluminação. As inscrições ainda serão divulgadas.